Categorias Agências

DEZ ANOS DEPOIS ABC PROJETA O “TOP 10”

Publicado em
Guga e Nizan: dez anos de crescimento

Em 1985, com 27 anos, o criativo Nizan Guanaes chegou a São Paulo depois do início da carreira em Salvador e uma seqüência no Rio de Janeiro. Começava aí uma das mais brilhantes trajetórias da propaganda no Brasil. Quatro anos depois ele comprava a marca DM9 que transformou numa das maiores e mais premiadas agências do País. Em 97 associou-a à rede DDB. No ano 2000 fundou o iG, segundo maior portal brasileiro de Internet e dois anos depois abriu a Africa, maior empresa do grupo ABC, com João Augusto “Guga” Valente. Hoje, uma década após o início, o ABC é o 18º maior grupo de comunicação do mundo, segundo ranking da “Advertising Age”, e único brasileiro no Top 20. O ranking é encabeçado por gigantes como WPP, Omnicom, Publicis Groupe e Interpublic. “Quando fundamos o Grupo ABC eu e Guga tínhamos um sonho grande que este ranking da Advertising Age materializa de forma muito clara. Nosso sonho aumentou, queremos estar entre os dez maiores do mundo. Temos grandes talentos e grandes clientes, o brilho nos olhos e um país pujante que hoje nos permite sonhar maior”, diz Nizan, chairman do grupo. “Temos as melhores empresas, com o melhor portfólio de serviço para trabalhar as marcas brasileiras no exterior e ser porta de entrada para marcas globais que querem atuar no Brasil”, completa Guga Valente, presidente do ABC. Com receita de US$ 448 milhões em 2011 e ainda tendo como sócios Sergio Valente e Bazinho Ferraz, além do Grupo Icatu e Gávea Investimentos, o grupo ABC inclui 13 empresas e 2 mil 129 colaboradores. Atuando nas áreas de Advertising, Branding Services e Content, controla as agências Africa, DM9, Loducca, Morya e Pereira & O´Dell de San Francisco. Na área de Branding Services, opera com a b!ferraz, Agência Tudo, NewStyle, Sunset, Asia, Interbrand e 24/7, e em Content tem a XYZ Live.

 

on DEZ ANOS DEPOIS ABC PROJETA O “TOP 10”
Categorias Sem categoria

A MULHER POR INTEIRO EM “CLAUDIA”

Publicado em

Criada pela Santa Clara, a nova campanha institucional da revista “Claudia”, da Editora Abril, tem como conceito “Você Inteira”. A estratégia visa reforçar a presença e a compreensão do universo feminino da revista e refletir a evolução da mulher. “Hoje, todas as bandeiras levantadas pelas mulheres no passado coexistem na imagem da mulher bem resolvida, inteira”, diz Kaíke Nanne, publisher do núcleo de Comportamento da Abril. “A campanha foge do clichê de tratar a mulher contemporânea como uma somatória de várias mulheres. Preferimos falar de mulheres inteiras, plenas, verdadeiras em suas escolhas, dúvidas e inquietações. Em vez de colocar rótulos nessas mulheres, a campanha abre espaço para que elas mesmas reflitam sobre sua plenitude”, explica Paula Mageste, diretora de redação da revista. A estratégia inclui comerciais, peças para mídia imprensa e Internet, material para PDV e ações nas redes sociais. “Claudia” vem sendo publicada há 51 anos, sempre como líder absoluta no segmento. “O sucesso deve-se ao fato de conhecermos bem nosso público. Realizamos cerca de 600 pesquisas por ano com nossas leitoras. Criação de Fernando Campos, Leo Gonçalves, Janaína Luna, Maso Heck, Carlos Paboudjian e Serginho Lobo, com direção criativa de Campos e Lobo. O comercial foi produzido pela Primo Filmes, com direção de Joana Mariani e Klaus Mitteldorf, também responsável pela fotografia.

 

on A MULHER POR INTEIRO EM “CLAUDIA”
Categorias Festivais

MIAMI AD SCHOOL ESPM BRILHOU NO FIAP

Publicado em
Adidas: único Ouro de Estudantes do Fiap

Dos 12 trabalhos premiados na categoria Estudantes do Fiap, realizado semana passada em Miami, seis são de alunos da Miami Ad School ESPM. Os brasileiros conquistaram um Ouro, uma Prata e quatro Menções. O único Ouro da categoria foi conquistado pela peça “Adidas Adizero Feather”, criada por Ronaldo Mascarenhas, Renato Simão, Marco Karner e Saulo Filho, coordenados pelo professor Fabio Astolfo, da DM9 DDB. O trabalho vencedor, com o título “Es tan ligero que lo estabas sujetando sin darte cuenta” (“É tão leve que você estava segurando sem perceber”) é um encarte de revista que reproduz o tênis Adizero, o mais leve do mercado, pesando 190 gramas. A peça, com o mesmo peso do produto, mostra porque a sapatilha é a mais rápida para correr. A Prata foi para “Detector de donaciones”, desenvolvida por Stephanie Zampollo, Nayara Lima e Lucas Santos, com coordenação dos professores Mihnea Gheorghiu e Fabio Astolfo, da mesma DM9 DDB. As quatro Menções: duas para “Pepsi Light”, de Antonio Figueiredo e Rodrigo Panachão, professor Sidney Araujo, da Publicis; “Fedex Express Perro”, de Felipe Sampaio e Gabriel Garcia, professores: Ricardo Wolff e Guilherme Giacomo, da Almap/BBDO, e “DHL Banderas”, de Cesar Farah, professor Paulo Andre Bione.

on MIAMI AD SCHOOL ESPM BRILHOU NO FIAP
 
Categorias Agências

WE ARE SOCIAL CONTRATA CRIATIVO NO BRASIL

Publicado em
Leslie e Leo: além da propaganda

A Hot Shop inglesa We Are Social, que opera no Brasil desde o final do ano passado, anuncia a contratação de Leonardo Castelo Branco como “Creative Strategist” para atender as contas das marcas Smirnoff e Natura. Castelo iniciou sua carreira na Ogilvy e também atuou pela Dainet, MarkUp e Sunset. O escritório da agência no País é dirigido pela sócia-diretora Leslie Orsioli, profissional com mais de 12 anos em Comunicação.  A We Are Social foi fundada há três anos em Londres por Robin Grant e Nathan Mcdonald e atualmente opera unidades em Londres, Paris, Milão, Munique, Sidney, Singapura e Nova York, além da sede de São Paulo. Trabalhamos com foco na comunicação criativa e eficaz para Social Media. “Assim como a nossa, a expertise do Léo vai além da propaganda, já que também é poeta e recentemente lançou seu primeiro curta-metragem’, explica Leslie.

on WE ARE SOCIAL CONTRATA CRIATIVO NO BRASIL
Categorias Campanhas

COM FLYING HORSE A ENERGIA NÃO ACABA

Publicado em

O novo comercial do energético Flying Horse tem a assinatura da dupla “Tomat” criada no ano passado por Tomas Salles e Mateus Araújo e representada com exclusividade pela Zohar Films. Os profissionais, com experiência internacional, aliam o Cinema a Efeitos Especiais Fotorrealistas. O novo filme, “Gatorrada”, mostra o trabalho num pequeno centro de distribuição de energia. O experimento para aumentar a capacidade geradora inclui uma torrada que cai sempre com a manteiga virada para baixo e um gato que cai em pé ao ser jogado para o alto. Com a torrada amarrada em seu corpo, o gato gira rapidamente produzindo uma carga de eletricidade que ilumina toda a cidade. Tomas Salles é especialista em 3D e volta ao Brasil depois de oito anos em Nova York, onde trabalhou em empresas como PSYOP/Massmarket, NY Buck, Artjail e The Mill. Designer gráfico e ilustrador, Tomas foi graduado pela New York University em Digital Imaging e Design. Seu curta-metragem “Equilíbrio” ganhou os prêmios Create e  Summershort pela Student Filmmaker Magazine. Mateus Araujo é especialista em composição e supervisão de pós-produção. Ao terminar seu bacharelado em Design Gráfico ganhou uma bolsa para fazer mestrado em Design e Tecnologia na Universidade de Parsons, em Nova York. Atuou como freelancer para empresas como FDG, Black Entertainment TV, USA Channel, Comedy Central e Interspectacular. Especializou-se em direção e efeitos especiais para TV e Cinema e se tornou sócio da agência 6D, onde ganhou o MTV Video Music Awards de melhor videoclipe Pop como diretor em 2006.

on COM FLYING HORSE A ENERGIA NÃO ACABA
Categorias Festivais

FIAP CONFIRMA ALMAP COMO AGÊNCIA DO ANO

Publicado em
Criativos da Y&R de Lima, Peru, comemoraram GPS

Daniel Marcet, diretor geral do Festival Iberoamericano de la Publicidad, confirma que a brasileira Almap BBDO vai receber o troféu de Agência do Ano da edição 2012 do Fiap, pela primeira vez realizado em Miami. Conforme ele explica, o festival considera um ponto para todas as peças finalistas, ao contrário do site Adlatina, que limita os finalistas em dez, o que daria o título para a argentina Del Campo Nazca. Dessa maneira, a agência de Marcello Serpa e José Luiz Madeira reconquista sua primazia nesse evento ibero-americano. Nos últimos anos, com exceção da edição de 2011, quando a Del Campo conquistou o título, a Almap vinha sistematicamente se classificando em primeiro lugar. Depois de 43 anos, já que foi criado em 1969 na cidade de Rosário, na Argentina, o Fiap chegou a Miami, quartel general latino-americano dos maiores grupos de comunicação e também dos mais importantes anunciantes mundiais. O Brasil teve uma participação importante este ano, já que além da Almap como campeã, também teve a Ogilvy e a F/Nazca classificadas em terceiro e quarto lugares no top tem do festival. Através da F/Nazca a propaganda brasileira ganhou dois Grand Prix, nas áreas de Promo e Técnicas de Produção Audiovisual, respectivamente com “Curiosismo” para Pinacoteca de São Paulo, e “Bom dia, boa tarde, boa noite”, para o SESC. A maior novidade deste ano do Fiap veio do Peru, mais precisamente da Y&R Lima, com o trabalho “Perú para Peru”, campanha institucional da marca País que conquistou os GPs de Filme e Internet.
A cobertura do Fiap 2012 teve o patrocínio das agências David, do grupo Ogilvy, e da Leo Burnett Tailor Made.

on FIAP CONFIRMA ALMAP COMO AGÊNCIA DO ANO
 
Categorias Festivais

POLÊMICA NA DEFINIÇÃO DA AGÊNCIA DO ANO

Publicado em
Serpa e Del Campo: aguardando definição

Enquanto a organização do Fiap revela não oficialmente que a brasileira Almap BBDO seria a Agência do Ano de sua edição 2012, em Miami, o site Adlatina divulga que o título é da argentina Del Campo Nazca S&S. Para a direção geral do festival , a diferença de pontos a favor da agência de Marcello Serpa é de 3 pontos. Para Adlatina, 16 pontos separam a Del Campo da brasileira. O Fiap ainda não se pronunciou oficialmente.  O ranking elaborado por Adlatina se baseia na mesma contagem de pontos utilizada no Cannes Lions, com 10 pontos para um Grand Prix, 7 para Ouro, 5 para Prata, 3 para Bronze e 1 para finalista, num máximo de 10 peças no short list. O site acrescenta pontos de Ouro para cada Grand Prix, ao contrário de Cannes, que elimina o Ouro. A dúvida fica por conta de se considerar ou não os pontos obtidos em áreas técnicas. Pablo Del Campo, fundador da Del Campo Nazca e presidente dos júris de TV, Gráfica e Via Pública desta edição do Fiap, está contrariado com a dúvida levantada por contagens diferentes de pontos. Para ele, faltou uma clareza maior nas regras. Vencedor do título de Agência do Ano em 2011, ele considera o ranking de Adlatina correto e reivindica o prêmio novamente. Para o Fiap, mesmo extra-oficialmente, a Almap é a vencedora. As brasileiras Ogilvy e F/Nazca classificaram-se respectivamente em 3º e 4º. A seguir, a classificação das agências até a 10ª posição:

1º- Del Campo Nazca S&S Argentina: 149 pontos (2 GP, 7 ouros, 9 pratas, 9 bronzes, 8 finalistas)
2º- AlmapBBDO Brasil: 133 (0, 7, 7, 13, 10)
3°- Ogilvy Brasil: 102 (0, 6, 6, 7, 9)
4°- F/Nazca S&S Brasil: 97 (2, 5, 4, 5, 7)
5°- Y&R Colômbia: 62 (0, 2, 4, 6, 10)
5°- Y&R Peru: 62 (2, 5, 1, 0, 2)
7°- Maruri Grey Equador: 61 (0, 2, 4, 6, 9)
8°- McCann Erickson Espanha: 53 (0, 3, 4, 2, 5)
9°- Y&R Argentina: 48 (0, 2, 3, 5, 4)
10°- Ogilvy Argentina: 46 (0, 2, 3, 4, 5)

on POLÊMICA NA DEFINIÇÃO DA AGÊNCIA DO ANO