Categorias Cannes 2019

85 LEÕES E ALGUMAS SURPRESAS

Publicado em
(reprodução Clube de Criação) clique para ampliar

Com apenas cinco anos de operação no Brasil, integrante de uma rede do grupo WPP, a AKQA São Paulo obteve o melhor desempenho no Cannes Lions 2019 entre as agências brasileiras, que no total conquistaram nesta edição 85 Leões considerando o evento paralelo Lions Health.

Com 2 Grand Prix em Media e Entertaiment for Music, além de dois Leões de Prata e outros três de Bronze, ela lidera o ranking de premiação brasileira nesta edição do festival à frente de gigantes da propaganda nacional.

Outra novidade proporcionada pela agência este ano foi a conquista do primeiro Leão brasileiro na categoria “Creative E-Commerce”, lançado em 2018, com um Bronze para “Air Max Graffiti Stores”, para Nike. Foi um dos nove prêmios concedidos na área que teve 300 inscrições. O trabalho indica uma nova tendência do comercio digital, que pode ter sua divulgação realizada em qualquer outro meio, até mesmo através de um grafite numa parede.

Em junho de 2014 a rede AKQA entregou à dupla Diego Machado e Hugo Veiga, ex-Ogilvy, criadores do case “Real Beauty” de Dove, campeão de prêmios nas edições de 2013 do Cannes Lions, a responsabilidade de comandar o 12º escritório da agência, numa aposta no mercado brasileiro.

E eles não decepcionaram cumprindo o objetivo de ser uma agência de ideia, buscando caminhos de comunicação para marcas sem comprar mídia, outro desafio na área da remuneração que a AKQA superou.

Já no ano passado, a agência voltou do Cannes Lions com quatro Leões, incluindo um Ouro na área do Entertainment e Bronzes em Film, Media e Radio.

O balanço brasileiro, porém, revela que apesar de diminuir o total de Leões de 101 no ano passado para os 85 deste ano, dentro de um quadro de mudanças significativas no modo de fazer comunicação, mostra que a indústria nacional continua criativa, consistente e vencedora.

O ranking mostra algumas surpresas interessantes, como os sete Leões da Tech and Soul, a vice-liderança da Wieden + Kennedy, a quarta posição da fusão VMLY&R e os bons desempenhos das tradicionais Africa, Almap e Grey.

A publicidade é um mercado em transformação, cujos resultados são apurados pelo Cannes Lions e que, como aprendizado, vai devolver, daqui a 12 meses, um outro modelo de trabalho, cases cada vez mais diferenciados e muitas surpresas na premiação.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *