Categorias Campanhas

BANHO SÓ NO CHUVEIRO

Publicado em

Abrir a torneira da pia só para lavar as mãos e sair com a roupa molhada é mais comum do que se imagina. Inspirada nesses contratempos no banheiro, a WMcCann criou nova campanha para a linha Confort da Deca, fabricante de louças e metais sanitários.

De forma bem humorada, o comercial mostra que cuidados deveriam ser tomados para que o usuário não deixe o local encharcado na simples tentativa de lavar as mãos ou escovar os dentes. A campanha exalta a tecnologia da Deca e a eficiência de seus produtos.

A Deca, pioneira ao oferecer arejadores para o Brasil, atualmente apresenta a tecnologia em todas as torneiras e misturadores para banheiro da marca.Com isso, as pessoas podem dar adeus àqueles respingos e à situação embaraçosa de ter a roupa molhada.

Deixar a bancada e até o chão do banheiro molhados por causa da intensidade do jato ficou no passado porque um dispositivo inteligente e exclusivo dos produtos Deca, se adapta e garante uma vazão padrão de água em qualquer tipo de instalação.

“Essa campanha é um momento marcante na história da marca. Estamos nos comunicando diretamente com os consumidores, tratando de um problema real, do dia a dia das pessoas, onde a marca, através de muitas pesquisas, conseguiu tangibilizar uma solução a uma necessidade real de mercado. Para a WMcCann, o desafio foi o de mudar a forma da marca se comunicar, mais leve, direta, gerando identificação com o público alvo”, explica Bruno Antonaccio, diretor de desenvolvimento e marketing da Deca.

“Tratamos de maneira bem humorada aquilo que ninguém acha graça quando acontece com a gente, ou seja, tomar um banho de torneira”, diz André Marques, VP de criação da WMcCann. A campanha também terá material impresso e ações nas redes sociais.

Criação de Rodrigo Corbari, Caio Carvalho, Adriano Nuevo, Leandro Oliveira, Paulo Fontana, Carlos Martinez, Giulio Pinotti e Rafael Pietragalla, com direção criativa de Corbari e direção geral de Hugo Rodrigues e André Marques.

Produção da Piccolo Filmes, com direção de cena de Jeff Chies e fotografia de Francisco Oliveira. Som do Cabaret Studio, com produção de Otavio Cavalheiro e trilha dos maestros Andre Herique e Angelo Colasante.