Categorias Fotografia

UM CARREIRA DE IMAGENS PREMIADAS

Publicado em

Fabio Lima começou sua carreira no Fotojornalismo em 1994, no Propmark. Foi seu primeiro emprego na área, cobrindo eventos do mercado e por três anos o Festival Mundial de Publicidade de Cannes.

Desde 97 radicado em Fortaleza, nesta terça-feira (19), foi premiado pela prefeitura local com o trabalho “Diálogos Urbanos”, composto por uma série de fotos publicadas no jornal “O Povo”.

Ele foi um dos seis vencedores do Prêmio Prefeitura de Fortaleza de Jornalismo 2017. Concorreram 88 trabalhos nas áreas de TV, Jornal, Rádio, e Internet, além da categoria Universitários. Os troféus foram entregues pelo prefeito da capital cearense, Roberto Claudio.

A premiação tem o objetivo de estimular profissionais, estudantes de Jornalismo e veículos de Comunicação Social a abordarem temas sociais.

Fabio Lima: fotos e troféus

Fabinho chegou tímido porém confiante à redação do Propaganda & Marketing, há 23 anos, pedindo uma chance para a vaga aberta de fotógrafo. Na época diretor de redação da publicação, não tive problema em contratar um jovem ainda inexperiente na área, mas cheio de vontade e determinação.

Em pouco tempo foi possível perceber que ali estava um excelente profissional das imagens. Um garoto com vocação e sensibilidade para produzir fotos muito mais do que convencionais.

Fabio Lima se mudou para o Ceará para trabalhar no jornal “O Povo”. Em 99, ganhou seu primeiro prêmio na categoria fotojornalismo. No ano 2000 ficou entre os finalistas no prêmio Ayrton Senna, de âmbito nacional, antes de ser enviado à Austrália para cobrir as olimpíadas de Sidney. Em 2003 ficou em primeiro lugar no prêmio Senai-Fiec de jornalismo.

Em 2004, começou a trabalhar para o jornal Diário do Nordeste, onde também ganhou vários prêmios. Cobriu os jogos Panamericanos 2007, voltou ao jornal “O Povo”, pelo qual conquistou o prêmio de jornalismo 2013 na categoria foto/nacional, do Banco do Nordeste.

Em 2014 cobriu a Copa do mundo Fifa de futebol. Em 2017 venceu o prêmio de jornalismo do Banco do Nordeste, com o trabalho fotográfico sobre a transposição do Rio São Francisco, na categoria iconografia/nacional. Nesse ano também, foi selecionado para integrar o livro, Melhor do Fotojornalismo Brasileiro, publicado pela editora Europa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *