Categorias Ação Social

O LIVRO NA VIDA DAS CRIANÇAS

Publicado em

É interessante o modo como crianças da era digital definem um livro. Mas por mais estranho que possa parecer trocar uma tela por papel, é importante notar como elas reconhecem o valor das obras e seu conteúdo.

O papel dos adultos como leitores e o impacto das histórias no desenvolvimento infantil é o tema do documentário “Pra Gostar de Ler”, lançado nesta segunda-feira (28) no Espaço Itaú Cinema, em São Paulo.

O projeto, criado para veiculação nos canais digitais oficiais do banco, é uma parceria da instituição com a Prodigo Filmes e co-produzido pela DPZ&T.

Com direção de Eduardo Rajabally, “Para Gostar de Ler” acompanha cinco famílias de diferentes regiões do país e ilustra como a leitura influencia as vidas de pais e filhos, com destaque para os pontos de vista das próprias estrelas mirins do documentário.

O documentário faz parte do Programa Itaú Criança, que a marca promove desde 2010, incentivando a transformação da sociedade a partir da leitura para crianças. Por meio dessa iniciativa o banco já distribuiu gratuitamente mais de 45 milhões de livros para todas as regiões do País.

“Estamos na sexta edição da campanha do Leia para uma Criança, que integra o Itaú Criança. Em 2017, procuramos trazer um conteúdo diferente, com argumentos e dados científicos a respeito da leitura para crianças na primeira infância e seus benefícios”, explica Eduardo Tracanella, superintendente de Marketing do Itaú Unibanco.

No Brasil, 60% dos cidadãos nunca contaram com nenhum adulto lendo para eles durante sua infância. Como isso influencia a vida das pessoas em sua fase infantil foi o tema proposto para depoimentos de profissionais de diversas áreas, entre escritores, médicos, educadores, pedagogos, professores, neurocientistas, psicólogos.

Participam do documentário Ilan Brenman, Drauzio Varella, Leandro Karnal, Eva Furnari e Wellington Nogueira, entre outros, comentando as experiências reais narradas pelas famílias de diferentes regiões que protagonizam a produção.

O objetivo é mostrar que os livros representam uma alternativa para melhorar a relação entre pais e filhos e estimulam o aprendizado e a formação das crianças. Afinal, 85% do desenvolvimento cerebral de um ser humano acontece antes dele completar cinco anos de idade.

“Quando levamos para o Itaú a ideia de produzir um documentário, queríamos retratar o impacto decisivo que as histórias têm no desenvolvimento infantil e mostrar como o momento da leitura fortalece o vínculo entre adultos e crianças”, justifica Rafael Urenha, Chief Creative Officer da DPZ&T.

“A leitura na primeira infância não é só vital como também a mais mágica de todas. Somos produtores audiovisuais e contadores de histórias e temos a obrigação e o prazer de promover a leitura sempre”, completa Francesco Civita, produtor do filme e sócio da Prodigo Films.

Direção de Conteúdo de Giuliano Cedroni, com roteiro de Morris Kachani e Stela Grisotti. Fotografia de Janice d’Avila e direção musical de Diogo Poças.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *