Categorias Ação Social

CONTRA CARETAS E O PRECONCEITO

Publicado em

Uma série de ações e campanhas celebraram o Dia Internacional do Orgulho LGBT, comemorado nesta  quarta-feira (28). Entre várias empresas e marcas que defendem a diversidade sexual, também se destaca campanha do governo federal, assinada pela sua Secretaria de Comunicação.

Com o conceito “Deixe seu preconceito de lado, respeite as diferenças”, estratégia criada pela agência nova/sb visa incentivar divulgação do tema pelo público já engajado e impactar quem ainda não tem informação suficiente para respeitar a diversidade.

Por outro lado, marcas como Smirnoff e Coca-Cola também entram na luta. Ação “Careta pros Caretas”, criada pelo CP+B, estimula a divulgação nas redes sociais de fotos com caretas dirigidas a quem não aceita a realidade. Funcionários da Coca-Cola

A campanha da Secom foi inspirada em pesquisa do IBGE que aponta como 35 anos a expectativa de uma pessoa trans no Brasil. Isso representa menos da metade da idade média do brasileiro, que atinge 74,9 anos.

O principal motivo é a violência contra transexuais e travestis, quesito no qual o país figura no topo da lista da ONG Transgender Europe. Diante desse fato, o Ministério dos Direitos Humanos decidiu lançar o desafio de sensibilizar toda a sociedade brasileira para a naturalidade das múltiplas orientações sexuais e identidades de gênero.

A campanha integrada que inclui filme, spot de rádio, peças de mobiliário urbano, ações na Internet,redes sociais e Spotify, tem criação de Alyson Nonato, Humberto Cunha e Alexandre Perotto, com direção criativa de Thomaz Munster.

O comercial foi produzido pela Aldeia Filmes, com direção de Raphael Coutinho e som da Audiotech.

CARETAS

Como complemento às políticas públicas, a Smirnoff, entre as empresas que apoiam a causa LGBT, lançou a campanha digital criada pela Crispim Porter + Bogusky para mandar caretas a quem ainda se sente desconfortável ao assistir cena de carinho entre pessoas do mesmo sexo.

Vídeo produzido nas ruas de São Paulo captou cenas de casais homossexuais reais e flagrou reações adversas.

“Nosso propósito é movimentar o mundo para a inclusão. Por isso, acreditamos em ações que possam estimular conversas sobre a importância da diversidade”, justifica João Matos, gerente de Marketing de Vodkas da Diageo.

Criação de Erick Mendonça, Lucas Adam, Renan Amorim, Thiago
Barbieri e Thiago Toledo, com direção criativa de André Kassu e Marcos Medeiros.

Produção da Fantástica Filmes, com direção de cena de Henrique Ribeiro e Carol Fernandes e fotografia de Vinni Gennaro.  Som da Canja Audio Culture e locução de Leonarda Gluck.

COCA E FANTA

Funcionários da Coca-Cola receberam nesta quarta-feira (28) latas do refrigerante principal da companhia porém com Fanta em seu conteúdo. A empresa aproveitou uma brincadeira popular para abordar um tema sério.

Com a inscrição “Essa Coca-Cola é Fanta e daí?” na lata, mostra seu apoio à causa da diversidade sexual e contra o preconceito.

“Acreditamos que ações como essa geram orgulho e empatia e ajudam na cultura positiva do nosso dia a dia”, diz Marina Peixoto, diretora de comunicação da Coca-Cola Brasil.

As Cocas-Cola que são Fanta, porém, não serão comercializadas. Foi uma ação interna da companhia que recheou as geladeiras dos 13 andares da sede da empresa, no bairro do Botafogo, no Rio de Janeiro, para lembrar a data.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *