Categorias Pesquisa

MÃES DECIDEM E COMANDAM FAMÍLIA

Publicado em
Cris Guerra, Maria Ribeiro, Diego Oliveira e Mari Belém

Além de esperar presentes e carinho dos filhos no dia em sua homenagem, as mães brasileiras também participam das decisões de gastos da renda familiar. Pesquisa “Mães, Influência e Consumo”, realizada pela Youpper Consumer & Media Insights, mostra que 78% delas desempenham esse papel, e 43% na verdade comandam seus lares.

O estudo ouviu mais de 300 brasileiras de todas as regiões, idades variadas e pertencentes às classes sociais A, B e C. Elas responderam questões sobre lifestyle, compras e consumo, universo online, sentimentos, auto conceito, percepções, interesses, desafios, diferenças comportamentais, atuação e participação nas redes sociais.

Conectadas, 95% dessas mães tem perfil no Facebook, 60% estão no Instagram e 22% tem perfil no Twitter e no Pinterest. A grande maioria, 95% delas, utilizam o WhatsApp para se comunicar e 55% acessam frequentemente o YouTube

Diego Oliveira e Marcelo Santos, sócios da Youpper, comandaram apresentação da pesquisa que aborda o tema “Mães Digitais” e que será repetida semestralmente. Também participaram da exposição a cantora e blogueira Mari Belém e a influencer digital Cris Guerra, com mediação da doutora em Comunicação Maria Ribeiro.

“O objetivo é acompanhar as transformações contemporâneas que permeiam o universo maternal e as suas relações com os filhos e o consumo. Esse trabalho indica expectativas, sentimentos, angústias, alegrias e desafios da maternidade, na perspectiva de vários segmentos de mães. E como tudo isso influencia o consumo das mães e dos filhos nos dias atuais”, disse Oliveira.

Na Internet, onde se informam através de blogs, fóruns, redes sociais e canais digitais de vídeo, elas querem ouvir mães de verdade a respeito da qualidade de produtos, prestação de serviço e marcas para economizar tempo e dinheiro.

O estudo concluiu que não são as marcas, diretamente, que influenciam as mães, mas, principalmente, as vivências de outras mães com essas marcas.

Entre seus principais interesses nas redes sociais, 24% das entrevistadas indicaram ser as histórias reais de mães e filhos, enquanto 21% aponta o gosto por novidades e novos aprendizados.