Categorias Campanhas

PRAYA LANÇA FILME EM CLIMA DE MISTÉRIO

Publicado em

Criada com receita caseira, a cerveja Praya, marca de um grupo de jovens amigos do Rio de Janeiro, vem conquistando São Paulo e tem como meta atingir todo o Brasil.

Um novo filme, criado e produzido pela Paranoid, começa a ser veiculado nas redes sociais da marca em ritmo de longa-metragem de suspense, inspirado no conceito “Descubra os Mistérios de Praya”.

O roteiro e a direção é da dupla Jungle, da Paranoid Filmes, e se baseia na atmosfera mística da cerveja, que tem uma Sereia como parte de sua logomarca.

Em apenas dois anos de mercado, o produto que começou a ser comercializado a partir de uma produção de 20 litros, já chegou a 70 mil litros por ano e comercialização em 500 pontos de venda em São Paulo e mais de mil no Rio.

Com crescimento importante no segmento, a Praya é uma cerveja tipo Witbier, originalmente produzida com trigo Belga, temperada com sementes de coentro e cascas de laranja. Sua receita original tem mais de 400 anos e havia desaparecido na década de 50.

A nova Witbier carioca substituiu a laranja por cascas de limão siciliano e visa agradar ao paladar de consumidores adeptos do estilo de vida de seus criadores, numa combinação entre a leveza da pilsen e o sabor do trigo.

O filme tenta colocar a cerveja como um objeto de desejo e um refúgio para quem está preso numa rotina fria, com uma linguagem delirante entre o sonho e a realidade.

Para chegar a esse resultado, a dupla de diretores da Paranoid levou o set de filmagem a uma casa vitoriana no subúrbio de Londres, depois ao “deserto” britânico de Dungeness e à costa de Kent, também na Inglaterra.

“Pautados para criar um comercial com características de longa-metragem, procuramos colocar a marca no mistério que ela mesma propõe. O personagem está isolado em um lugar distante e anseia pelo mar. A cerveja vira um objeto de desejo, um verdadeiro delírio em terras estrangeiras”, diz Marcus Cidreira, um dos diretores da dupla. “Para isso, seguimos referências do Universo Lynchiano, fugindo dos padrões comerciais e buscando um cenário absurdo, entre o sonho e a realidade, onde o personagem procura incansavelmente a cerveja desejada”, completa o outro integrante Vicente Tigre.

Para Duda Gaspar, um dos sócios da Praya, a estratégia de comunicação da marca vai muito além do rótulo da bebida. “Desde a comunicação visual, representada pela sereia, uma figura misteriosa, até mesmo dentro das nossas ações, a Praya aparece de forma orgânica, trabalhada nas sutilezas. Criamos atmosferas para que ao final ela seja lembrada como parceira dos melhores momentos da vida”, explica o também designer e responsável por toda a identidade visual da marca.

A dupla Jungle passou a integrar o casting da Paranoid em meados de 2017. Com base sólida na pós-produção e nas artes visuais e alternando entre Berlim e São Paulo, os diretores já assinaram projetos para Coca-Cola, Google Brasil e Leroy Merlin.

A direção executiva do filme é de Egisto Betti, a fotografia de JP Garcia, direção de arte de Paulina Rzeszowska e a produção de Sandra Spethmann.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *