Categorias Campanhas

OBESIDADE POR ANOS PERDIDOS

Publicado em

O jovem dos dias de hoje gasta 3 de seus primeiros 18 anos de vida em frente à uma tela, seja do computador, tablete, celular ou TV.

Essa constatação de pesquisa realizada pelo psicólogo britânico Aric Sigman serve de tema para a nova fase da campanha “Obesidade Infantil NÃO”, criada pela Artplan para a Amil.

Quatro comerciais chamam a atenção do público sobre o sedentarismo relacionando ao excesso de horas diante das telas digitais.

Além dos filmes para TV e cinema, essa nova fase da estratégia é composta também por peças para mídias exterior e interior e digital.

Nos vídeos, crianças brincam de bicicleta, bola, patins e skate, mas estão confinadas dentro das telas de seus tablets, smartphones e TVs. A campanha conta ainda com um site com exemplos de brincadeiras, orientações médicas sobre alimentação e dicas de atividades físicas.

“O tempo exagerado que as crianças passam à frente das telas pode ser o tempo de que a obesidade infantil precisa para se instalar. Não podemos dar esse tempo para um problema tão grave”, diz Odete Freitas, pediatra e diretora de Sustentabilidade da Amil.

“Estamos no quinto ano do movimento “Obesidade Infantil NÃO”, junto à Amil. O movimento começou como um alerta a esse sério problema e vem evoluindo a cada ano, assim como sua plataforma de comunicação. Neste ano, o objetivo da campanha é alertar os pais, de forma surpreendente, sobre a necessidade do uso consciente desses equipamentos pelas crianças”, afirma Cristiana Miranda, diretora de Contas da Artplan.

Criação de Sérgio Carvalho, Rodrigo Dorfman, João Resende, Renato Tagliari e Rafael Jardim, com direção criativa de Gustavo Tirre, Alessandra Sadock e Ricardinho Weitsman.

Produção da Bossanovafilms, com direção de Alê Lucas + Chico E Mosca, com fotografia de Pedro Moscalcof. Som da Beat.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *