Categorias Mercado

APP 75 ANOS: PORTA ABERTA À CRIAÇÃO

Publicado em
Vergeiro: cadeira disponível

Com exceção de atuações recentes de Ricardo Chester, Júlio Andery e Carlos Righi, a área criativa tem pouquíssima representatividade na APP, a Associação dos Profissionais de Propaganda, que vai completar 75 anos em 2012. A entidade, que na definição de seu presidente, Enio Vergeiro, tem o diferencial de representar as pessoas físicas do negócio publicitário, congrega profissionais das diferentes áreas da atividade, especialmente do Atendimento, Mídia e Planejamento. “A Criação tem uma cadeira disponível na diretoria da APP. Infelizmente, hoje ela não está ocupada”, diz Vergeiro. Com 17 capítulos regionais nos Estados de São Paulo, Paraná, Minas Gerais e no Distrito Federal, a APP, porém, tem um número de associados muito pequeno em relação aos benefícios que proporciona à profissão. São 1.600 profissionais no Brasil que, em contrapartida, usufruem gratuitamente de ciclo de palestras e debates transmitidos ao vivo pela parceira GTec. Além disso, a entidade promove o Fest Up universitário que inclui o Festival de Jingles, o Concurso Universitário de Campanhas (TCC), os Jogos Publicitários e o Prêmio Contribuição Profissional que concede o troféu “Garra do Galo” em dez categorias. Para este ano comemorativo, promete o Eletronic Lounge para debater novas tecnologias e mídias e o workshop Banho de Gestão. A APP oferece ainda vantagens em parcerias com o Teatro Frei Caneca, Rádio Web, Ibope e a empresa de RH Thomas Case. Fundada em 29 de setembro de 1937, a APP, que começou a atuar com o título de Associação Paulista de Propaganda, até 1989, teve como primeiro presidente o poeta e publicitário Orígenes Lessa. Em sua sede nasceram outras entidades do setor como os grupos de Mídia, Atendimento e Planejamento, além do CENP. Foi sua também a iniciativa de criar a Câmara Nacional de Arbitragem na Comunicação, o Conar da área de Negócios, que soluciona uma série de impasses do mercado sem que seja necessária a interferência da Justiça Comum. Dessa forma, pela sua importância, a APP tem dois objetivos imediatos, ou seja, aumentar consideravelmente seu quadro de associados e, ao mesmo tempo, atrair Criativos, uma vez que na última década esse profissional está cada vez mais presente na gestão das agências.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *