Categorias Agências

OGILVY CRESCE 25% E QUER VICE LIDERANÇA

Publicado em
Amado, Leite (destaque), Musa e Ramos

Embora as contas de 2011 só serão oficialmente fechadas em março do próximo ano, Sergio Amado, chairman do board do grupo Ogilvy Brasil, já comemora a previsão de 25% da receita, contra 18% de aumento registrado no exercício de 2010. Com esse crescimento, a expectativa do grupo é conquistar o segundo lugar no ranking brasileiro de agências deste ano, a ser divulgado em breve pelo estudo Ibope Monitor. Até o final do primeira semestre de 2011 a Ogilvy ocupava o terceiro lugar, atrás mas com diferença pequena para a Almap BBDO, e da líder Young & Rubicam. Grande parte desse aumento de receita deve-se à conquista total da conta da operadora Claro, lembra Luiz Leite, ceo da Ogilvy Brasil. Ele compõe o comando do grupo com Amado, Luiz Fernando Musa, ceo da Ogilvy & Mather Brasil e Anselmo Ramos, vp de Criação. Até o ano passado a Claro dividia sua verba de comunicação e marketing entre a própria Ogilvy, Almap e F/Nazca. “De um terço passamos a ter metade no início de 2011, dividindo só com a F/Nazca, e no meio do ano ficamos com 100% da verba”, explica Leite. Para ele, outro fator importante de crescimento foi a ativação da conta da JAC Motors, com o lançamento de vários modelos. Sobre a participação de outras empresas do grupo nesse crescimento de receita, Leite explica que start ups como a 9ine, criada no início deste ano, e a David, lançada na última semana, sempre têm um ano de operação para atingir o break even. “No caso da 9ine, porém, em razão de tantos eventos esportivos programados para o Brasil, esse objetivo foi alcançado bem antes do prazo”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *