Categorias Out Of Home

PAPO DE ELEVADOR

Publicado em
Board da Elemidia (foto de Francisco Cavalcanti- Divulgação)

Muito mais do que oferecer conteúdo ou exibir publicidade, o maior objetivo da Elemidia é iniciar uma conversa. É assim que essa mídia digital out of home se reposiciona no mercado com o conceito “Toda conversa é possível”, resultado do trabalho de branding e campanha criado pela agência Ana Couto.

Com 20 mil telas em 53 cidades brasileiras de 16 estados e um público de 25 milhões de pessoas impactadas semanalmente, a empresa investe em tecnologia, dados e formatos diferenciados visando aumentar ainda mais o índice de atenção de sua comunicação que já atinge 95%.

“Esse resultado é uma combinação entre conteúdo e publicidade que atinge os consumidores no momento ideal, entregando utilidade e relevância”, diz Eduardo Alvarenga”, CEO da Elemidia.

Além disso, o maior diferencial da empresa é obtido pela altíssima retenção das mensagens, customização por localização e atualização em tempo real.

Residenciais: maior crescimento

Até 2020, a meta da Elemidia é chegar a 27 mil telas e conversar com 35 milhões de pessoas, apostando também em projetos especiais como conteúdo live, combinando notícias e publicidade, explica Lucio Schneider, diretor de Marketing.

As conversas com o público podem começar com um “bom dia”, uma informação sobre as condições meteorológicas ou dicas de entretenimento no final de semana, especialmente para as 7 mil telas já instaladas em 3 mil condomínios residenciais.

Aliás, esse é o segmento que mais cresce nos negócios da empresa, superando até mesmo os dispositivos instalados em shopping centers. “É um projeto específico de relevância, já que parte da tela é destinada ao síndico para que ele converse diretamente com os moradores’, afirma Raphael Jimenez, diretor de Publicidade.

“Hoje somos uma plataforma estratégica para a comunicação das marcas que desejam participar de forma relevante da rotina dos consumidores”, lembra Alvarenga, explicando que além de novos formatos das mensagens, a Elemidia também sugere a instalação de telas no estacionamento ou hall de entrada dos edifícios, para atender quem mora ou trabalha em andares baixos, menos expostos à comunicação interna dos elevadores.

Ele finaliza explicando que o novo conceito da Elemidia vai de encontro à sua atuação, uma vez que ao iniciar uma conversa, também direciona o público para outras mídias, inclusive as digitais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *