Categorias Tecnologia

APLICATIVO É O CAMINHO DAS MARCAS

Publicado em

Campanhas veiculadas em aplicativos para mobile devem atingir cerca de quatro bilhões de pessoas durante a Copa do Mundo da Rússia. Neste ano, existem um bilhão mais de smartphones em comparação com 2014. E atualmente, os dispositivos móveis representam cerca de 73% do consumo total de internet.

Quem fornece esses dados é a Headway, a empresa líder em desenvolvimento de marketing por tecnologia. Sua plataforma de mídia mobile, desenvolvida in house, está integrada com diversas fontes de dados parceiras para garantir aos clientes que seus anúncios em mobile atraiam novos usuários e leva o consumidor a interagir e gerar engajamento com as marcas.

Para garantir esse resultado, a Headway, em parceria com a App Annie, lançou um guia ensinando, passo a passo, como se beneficiar das campanhas em mobile apps durante o evento. O estudo usou dados de big data e consumo de vários aplicativos disponíveis no mercado para analisar o impacto potencial dos smartphones durante o torneio.

Dario: alta taxa de atenção

“A Copa do Mundo é o momento em que a atenção de todo o planeta está no torneio e, nesta edição, a maioria da população mundial estará ligada através seus celulares”, diz Dario Diament, CMO da empresa.

A Headway entrega campanhas de mídia mobile, com geolocalização baseada em GPS, behavior por deslocamento físico real, aquisição de usuários para aplicativos, com formatos criativos para atingir a audiência certa, garantindo um alcance de 98% do inventário mundial.

“As pessoas imersas em conteúdo específico sobre o evento apresentam altas taxas de atenção. Assim, acontecimentos como a Copa do Mundo são ideais para alcançar novos clientes e reativar os clientes inativos, por exemplo”, afirma Dario.

Outro ponto, é que enquanto 72% do conteúdo relacionado à Copa do Mundo realizada no Brasil em 2014 foi acessado a partir de computadores, nesta edição do torneio mais de metade do conteúdo será consumido a partir de telefones móveis.

Durante a Copa da Rússia, a utilização de uma ampla variedade de apps aumentará consideravelmente. Andrea Orsolon, vice-presidente Brasil na Headway, destaca os aplicativos da Fifa, de notícias esportivas, informações dos jogos em tempo real, mídia social, entrega de comida, transporte, apostas, streaming ao vivo e pagamentos.

“Os apps suportam uma grande quantidade de formatos criativos e muitos oferecerão pacotes diferenciados para marcas que queiram incluir, por exemplo patrocínios de vídeo de replays e anúncios incorporados ao conteúdo relacionado aos jogadores”, detalha Andrea.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *