Categorias Cinema

O ÚLTIMO PÔR DO SOL

Publicado em

Com patrocínio da Marilan, segunda maior fabricante de biscoitos do Brasil, com produtos comercializados em mais de 50 países, estreia no próximo dia 30 nos cinemas o longa-metragem “Fica mais escuro antes de amanhecer”.

Produzido pela Zero Grau em parceria com o Canal Brasil e distribuição da O2 Play, o filme é dirigido por Thiago Luciano, também ator e roteirista além de cineasta. O elenco tem como protagonistas principais os atores Lucy Ramos e Caco Ciocler.

A trilha do filme foi composta pelo maestro Teco Fuchs, sócio da produtora de áudio Lua Nova e a música tema interpretada pela cantora Izadora Molinari.

A história retrata um povoado que sofre com as mudanças climáticas e que pode presenciar o último pôr do sol antes de o mundo entrar em um período de escuridão total.

A trama fala das consequências da perda de um filho na vida de um casal, vivido por Lucy e pelo próprio Thiago Luciano.

Recheado de metáforas, mistério e personagens instigantes, Thiago Luciano construiu o filme com um roteiro baseado em linguagem poética para contar a história.

“A ideia do filme surgiu a partir da minha vontade de falar sobre esse mal do século, a depressão, e também sobre a perda. Sei que perder e ganhar faz parte da nossa trajetória de vida, mas esse tema me afeta de maneira profunda e, de uma forma ou de outra, minhas obras esbarram nessa temática”, diz o diretor.

As filmagens foram realizadas no interior de São Paulo, nas cidades de Monte Mor, Louveira, Cordeirópolis, e também na Patagônia.

“Como esse é um filme de baixíssimo orçamento e não tínhamos muita verba para levar uma grande equipe para a Patagônia, usamos muito efeitos especiais produzidos pelo grande artista, o Ricardo Einloft”, explica Thiago.

“O André Besen, diretor de fotografia, também foi um grande parceiro, compondo as imagens sugeridas na pré-produção. Ele fez um trabalho lindo” completa.

O filme já foi exibido na 40ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, no Fest Aruanda do Audiovisual Brasileiro e no Sydney Word Film Festival.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *