Categorias Concorrência, Sem categoria

CASINO MUDA ROTA E PODE DIVIDIR CONTAS

Publicado em
Nouri: decisão em suas mãos

Pelo menos dois presidentes de grandes agências que estão disputando a verba publicitária de R$ 350 milhões do Pão de Açúcar têm a sensação de que o grupo Casino está mudando de ideia em relação à simples transferência da PA Propaganda. “Está virando concorrência de conta”, garantiu um deles. “Penso a mesma coisa”, disse o outro. Ou seja, o processo caminha para a dissolução da house agency e escolha de uma ou duas agências para atender as bandeiras Pão de Açúcar, Extra e Assaí. Da mesma maneira, executivos envolvidos nas duas concorrências promovidas pelo grupo francês também acham que a conta de mais de R$ 1,5 bilhão da Via Varejo pode ser dividida em duas, escolhendo-se agências distintas para atender Casas Bahia e Ponto Frio. O processo foi iniciado no início de agosto e em 15 dias o Casino anunciou as duas concorrências. Depois de fixar várias datas para definição, os processos travaram. Sabe-se que tanto Enéas Pestana como Francisco Valim, presidentes do GPA e Via Varejo, respectivamente, já se pronunciaram há algum tempo sobre suas preferências para definição das concorrências. Isso representa que a decisão agora está mesmo nas mãos do Jean Charles Nouri, presidente do grupo Casino e do Conselho do Pão de Açúcar. Para tanto, ele conta com a avaliação de seu executivo de confiança, Arnaud Strasser, diretor-executivo de desenvolvimento e participações do Casino e enviado para o Brasil em setembro do ano passado. Um fato novo também movimenta os processos de concorrência. Recém-anunciado como chairman da Publicis no País, Roberto Lima, entre outras atribuições, é integrante do Conselho do Grupo Pão de Açúcar, nomeado pelo grupo Casino em junho do ano passado. (Responda enquete: quem tem mais chances nas duas concorrências?)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *