1
 
Categorias Ação Social

A COZINHA DOS SENTIDOS

Publicado em

Um guia sensorial  de 130 páginas permite total autonomia gastronômica a pessoas cegas ou com baixa visão. “Cozinhas às Cegas” é um projeto idealizado pela Publicis e assinado pela Maggi, unidade de Receitas da Nestlé e Fundação Dorina Nowill.

A obra tem a proposta de estimular os cinco sentidos: tato, com ilustrações em relevo dos pratos e impressão em braile; olfato, já que será possível sentir os aromas das especiarias mencionadas nas receitas; visão, já que a publicação traz um design que possibilita que pessoas com baixa visão possam ler o conteúdo; e audição, tanto com botões que emitem sons dos instrumentos a serem utilizados no preparo quanto com a versão em audiobook, e o paladar , que fica por conta da própria entrega do livro, as receitas contidas nele.

No ano de comemoração dos 100 anos da Nestlé no Brasil, a publicação foi concebida alinhada à filosofia da Maggi de que cozinhar é algo que todos podem e devem participar. A iniciativa também reflete o compromisso de 75 anos da Fundação Dorina, uma sociedade mais inclusiva para pessoas com diferentes níveis de deficiência visual.

“Cozinhar é um ato de prazer e também de autonomia. Por isso, é tão importante criarmos projetos que promovam essa prática de forma inclusiva, segura, agradável e com a participação direta de pessoas com deficiência visual”, diz Francisco H. Della Manna, presidente do Conselho de Curadores da organização.  

 “Existe o interesse por conteúdos de gastronomia como os programas de televisão, sites e publicações dedicadas a esse tema. Mas esses materiais são muito visuais, não permitindo o acesso de uma parcela da população com deficiência visual, hoje composta por 6,5 milhões de pessoas no Brasil. Cozinha às Cegas ajuda a diminuir barreiras ao permitir o acesso de pessoas com deficiência visual no dia a dia”, afirma Kely Magalhães, gerente dos Serviços de Apoio à Inclusão da Fundação Dorina Nowill para Cegos.

 “Com o endosso da Fundação Dorina, uma das principais instituições vinculadas à causa da inclusão de pessoas com deficiência visual, a Maggi pôde levar toda a beleza de se preparar suas próprias receitas a um público que acabava ficando distante desse universo e prova que cozinhar é, sim, para todos”, comenta Carine Mahler, diretora de Branding e Comunicação da Nestlé.

“Este trabalho representa uma maneira inovadora da marca Maggi expressar seus valores, sua preocupação e cuidado, tanto com o consumidor quanto com a culinária”, comenta Domenico Massareto, CCO da Publicis. “Para a produção do livro envolvemos empresas de tecnologia e impressão 3D, fornecedores de aromas e produtora de áudio. Um trabalho extremamente complexo e detalhado que levou mais de um ano de produção”, completa Gustavo Victorino, diretor-executivo de criação da agência.

 O guia estará disponível às 1.500 pessoas assistidas pela instituição quando os atendimentos presenciais forem retomados. Os exemplares têm por objetivo complementar as orientações práticas gastronômicas oferecidas de forma personalizada na cozinha experimental da terapia ocupacional na Fundação Dorina, em São Paulo.

Criação de Domenico Massareto, Gustavo Victorino, Samuel Normando, José Bortolini, Lucas Zulian e Daniel Rocha. Produção gráfica de Eduardo Bueno.