1
 
Categorias Festivais

MAIS UM GP PARA A AFRICA NO EL OJO

Publicado em

Agência conquista seu 4º prêmio máximo. Brasil já tem 90 troféus 

A propaganda brasileira ganhou mais 39 prêmios no segundo dia da a edição online 2020 do El Ojo de Iberoamerica. Entre eles mais um Gran Ojo paa a Africa, com a campanha Stadium’s food delivery, para a cerveja Brahma, da Ambev, na categoria Especil Covid-19. O filme foi produzido pela DraftLine Studios, com direção de Arthur Maringoni.

O Brasil também se destacou na área de Produção Audiovisual, com 16 troféus. Em Creative Data foram 1 Ouro e 1 Bronze. No Direto o Brasil recebeu 2 Ouros, 2 Prata e 1 Bronze, enquanto em PR foram 1 Ouro, 2 Prata e 3 de Bronze.

Para o El Ojo Melhor Ideia Local foram selecionados cinco finalistas, e o trabalho que se consagrou como grande vencedor brasileiro é a campanha “Responsible Billboard”, da Africa para a AmBev Brasil, com produção da Corazón Filmes. No +Mulheres, dos seis prêmios concedidos, quatro foram para o Brasil: 2 de Ouro e 2 de Bronze.

Do total de 90 troféus acumulados pela publicidade nacional, são 5 Gran Ojos; 30 s de Ouro, 22 de Prata e 33 de Bronze.

MAIS MULHERES 

O Brasil ganhou quatro troféus no prêmio +Mulheres no do festival. Criada em 2019, a premiação temo objetivo de dar mais visibilidade, amplificar e promover o crescimento da presença feminina na criação de ideias de comunicação nas equipes criativas, na direção de comerciais e postos de liderança nas agências e produtoras.

O prêmio foi dividido em duas categorias: +Mulheres Criativase +Mulheres Diretoras de Cena. Os trabalhos inscritos participam automaticamente dessa premiação.

Na categoria +Mulheres Criativas, o país conquistou o troféu de Ouro com a peça “HerShe”, feita pela BETC São Paulo para a Hershey do Brasil, com produção de Modernista Creative Producers e Canja Audio Culture (dirigido por André Inácio). Já a campanha “COMA –A GettyImages Original Series”, assinada pela Almap BBDO para a Getty Images Brasil, com filme produzido pela Stink Films (direção de Squarehead e Cassiano Prado) levou o troféu de Bronze.

No+Mulheres Diretoras de Cena, Ouro para “Voces del Silencio”, assinada pela TracyLocke Brasil DDB para a Libbs, com filme produzido pela Delicatessen (direção de Lua Voight). O Bronze foi para “Scoreboard for change”, da BETC São Paulo para a Federação Paulista de Futebol e ONU Mulheres, cuja peça foi produzida pela Sentimental(dirigida por Paula Buarque).