1
 
Categorias Agências

OGILVY UNE “CONTENT” E CRIAÇÃO

Publicado em
Gabriel: estratégia de funil como um todo

Em movimento estratégico, visando aproximar seus times de Content e Criação, a Ogilvy Brasil anuncia Gabriel Araújo como novo Head of Content. O profissional vai agregar também a função de Executive Creative Director, cargo que já ocupa na agência desde outubro.

Antes de retornar para a Ogilvy Brasil, no último mês, o executivo atuou por dois anos e meio como Chief Creative Officer global da Ogilvy Social Lab, com sede em Bruxelas, na Bélgica. Com a dupla função, Araújo será responsável por aproximar as estratégias de conteúdo e social media à área criativa da agência, ampliando a cultura da criatividade no ambiente digital. A ideia é que o profissional também pense em múltiplos formatos e plataformas durante todo o processo de criação.  

“Há quatro anos, quando criamos o Content Studio de forma individualizada, o objetivo foi estabelecer processos e deixarmos a equipe aculturada com o jeito Ogilvy de trabalhar. Uma vez que alcançamos esse amadurecimento, entendemos que o Content é parte do dia a das nossas rotinas, então, nada mais coerente do que fazermos esse movimento de integração. O Gabriel permanece como ECD, mas vai agregar toda sua experiência de Ogilvy Social Lab para coordenar os núcleos de Content e também liderar essa integração que buscamos”, diz Luiz Fernando Musa, CEO da Ogilvy Brasil.

O núcleo Content Studio da Ogilvy Brasil atua em diferentes frentes, que passam a ser coordenadas por Araújo. Entre elas, o Hub Stills, para o atendimento da linha de não gaseificados da Coca-Cola, Hub Nestlé, o Kontent Kroton, dentro do núcleo Kasa, formado por profissionais da Ogilvy e Jussi para o atendimento ao grupo educacional Kroton, e o Content Studio Ogilvy, para o atendimento de IBM, Amex, Novo Nordisk, Aperol, BMW, entre outras grandes marcas.

O novo movimento de integração passa também pela atuação conjunta de Daniel Martins, chief transformation officer da Ogilvy, e Denise Caruso, que lidera o atendimento e delivery com os PMOs. Trata-se de uma evolução de mindset sobre as entregas em ambiente digital da agência. O núcleo de Content passa a funcionar com o raciocínio social first, privilegiando ideias e a criatividade dentro do funil de conversão. Nesse sentido, assets como awareness e engajamento continuam importantes, mas a criatividade a serviço dos resultados de negócios, orientam a estratégia de social.

“A ideia é deixar de ser um Content Studio no modelo tradicional para ter um raciocínio mais moderno, que pensa na estratégia de funil como um todo. De um lado teremos forte atuação nas narrativas, criação, planejamento e estratégia, e do outro, foco na distribuição efetiva, formatos, e como a mensagem será endereçada. Sempre sob a ótica de resultado, sem esquecer de ser criativa”, explica Araújo.

Segundo Musa, o executivo terá grande contribuição na consolidação da transformação digital criativa da agência. “O Gabriel participou de processo semelhante na Europa e Estados Unidos, além de ter participado da construção de uma nova fase na Ogilvy Bruxelas, que hoje está entre as agências mais premiadas da Europa e entre as três mais criativas da Bélgica. Vamos trazer essa nova cultura criativa também para social no Brasil”, afirma.

Vinicius Chagas, até então Head of Content da Ogilvy, seguirá novos caminhos profissionais. “Tivemos um ano muito desafiador, e ao mesmo tempo, repleto de vitórias do Content Studio com a liderança do Vinícius. Tenho certeza que ele continuará exercendo um trabalho brilhante em sua nova casa”, finaliza Musa.