1
 
Categorias Datas

O NATAL DA DIVERSIDADE

Publicado em

Foi só em dezembro de 2019 que no shopping center Lapa, em Salvador, Bahia, surgiu o primeiro Papai Noel negro do Brasil. O personagem foi vivido por Ubirajara Araújo Pereira, pai do ator Fabricio Boliveira.

A discussão sobre diversidade e racismo, assunto, atual no mundo de hoje, foi adotada pela campanha de Natal deste ano de O Boticário, criada pela Almap BBDO.

A estratégia inclui um filme emocionante, um documentário sobre a história do Papai Noel e a participação de Lázaro Ramos como embaixador da marca sobre o tema.

Na década de 80, como toda criança, o protagonista do filme, apresentado no Dia da Consciência Negra também adora o Natal. Observador, o menino registra na memória as diversas imagens temáticas, incluindo os festejos em sua própria casa, e todas remetem a um mesmo padrão estético para o Papai Noel.

“Com tanto Papai Noel no mundo, por que nenhum era como eu?”, questiona o garoto. Corta para 2020 e tudo o que ele desejou e acreditou ser possível lá atrás fez a diferença. Agora, ele é não apenas o protagonista do comercial, mas desta festa que compartilha e comemora o amor entre as pessoas um Papai Noel negro.  

A iniciativa faz parte da agenda de compromissos da marca em relação à Diversidade, Inclusão e Equidade. Em outubro, deste ano, o Boticário se uniu ao Instituto de Identidades do Brasil (ID_BR) e apresentou o Prêmio “Sim à Igualdade Racial”, que reconhece pessoas e iniciativas que agem intensamente para reduzir a desigualdade racial no país.  

“Temos uma estratégia robusta em diversidade e vamos continuar firmes nessa construção, sabendo que ainda temos grandes desafios pela frente. Como a marca de beleza mais amada do Brasil, compreendemos que nosso papel é estimular e valorizar cada vez mais a pluralidade entre as pessoas”, comenta Alexandre Bouza, Head de Marketing do Boticário.   

A marca patrocinou a exibição de “Falas Negras”, na TV Globo, quando veiculou seu filme no intervalo da atração.

O projeto integrado e desenhado em parceria entre Boticário, Globo e Almap BBDO é composto, ainda, por entregas especiais na Rede Telecine.

“O Boticário é uma marca que há tempos trabalha a questão racial, mostrando muita diversidade em seus comerciais e produções. Desta vez, não foi diferente. Aliado a uma série de iniciativas e compromissos da empresa, quisemos trazer uma história inspiradora com a emoção que a data pede. Contamos a história de um garotinho negro que queria se sentir representado na figura de um Papai Noel. Figura esta que, nos últimos tempos, e felizmente, já tem se mostrado mais diversa, seja fisicamente em shoppings, em especiais de Natal e ações de conteúdo, Aliás, a história desta diversidade na figura do Papai Noel também nos inspirou na criação de um pequeno documentário de animação narrado por Lázaro Ramos”, explica Pernil, diretor de criação executivo da Almap BBDO. 

 Como complemento a todas essas iniciativas, vale lembrar também que toda a produção dos filmes que fazem parte da campanha de Natal 2020 do Boticário é marcada pela diversidade, que foi além do casting. O filme, produzido pela Boiler Filmes, é codirigido por Ton Valentim, fotógrafo, artista, ativista e videomaker, que esteve ao lado de Dulcidio Caldeira, sócio e diretor de cena da Boiler. Já o documentário, produzido pela Paranoid, tem direção de Jessica Queiroz. Som da Raw Áudio.