Categorias Sem categoria

RACISMO INSPIROU CAMPANHA

Publicado em
Kelly: elevar a cultura brasileira

Em parceria com a diretora de cinema Kelly Castilho, fundadora da Confeitaria Filmes, a atriz Maria Gal lança a campanha “Meu Lugar no Mundo”, projeto composto por quatro filmes que contam com a participação da própria Maria Gal, além da atriz mirim Duda Pimenta e o ex-goleiro Aranha, que também foram vítimas de ataques racistas

Em julho deste ano, a atriz foi vítima de um ataque racista no Instagram, sendo chamada de “macaca” por um seguidor depois de não responder uma mensagem enviada por ele. Ela denunciou o ataque em suas redes sociais, mostrando a mensagem recebida em um print.

“Postei essa mensagem para educar este e outros fãs. O fato de eu não responder uma mensagem não dá o direito de me ofender ou ter qualquer atitude racista”, disse ela.

Produzido por uma equipe majoritariamente negra, o filme vem como uma resposta para ressignificar essas ofensas sofridas por cada um deles, que já não cabem mais no mundo atual.

A Confeitaria Filmes surgiu em 2009 fundada por Kelly Castilho, diretora de Cena. “A produtora trabalha com a criatividade, mas nossas histórias são feitas de pessoas e experiências reais. Temos como aliado a diversidade que a cada dia segue enriquecendo o atual mercado audiovisual”, diz Kelly.

“Nós fazemos publicidade, mas o cinema está em nossos corações, porém se tiver um filme institucional também vamos fazer com muito amor. Nossa missão é realizar projetos que possam ajudar a elevar a cultura brasileira, seguindo nossos valores e propósitos, tendo a parceria de talentos que nos acompanham há muitos anos”, completa.

Kelly Castilho atua há 25 anos no Mercado de filmes publicitários e cinematográficos. Trabalhou em produtoras, como O2 Filmes, onde começou como Estagiária de Produção, Sentimental Filmes, Conspiração Filmes, Zero Filmes,5.6,Academia de Filmes, Eyeworks e Cuatro Cabezas Argentina, entre outras.

Nesses anos, passou de Estagiária à Assistente de Produção e seguiu como Produtora de Objetos. ,Produtora de Figurino, Produtora Executiva, Assistente de Direção de Arte,e em 2004 tornou-se  Diretora de Arte. Em 2013 sentiu que era o momento de dirigir e colocar o seu olhar nos filmes publicitários, com isso, passou a se preparar e, posicionou a produtora Confeitaria Filmes, da qual é fundadora.

Em 2018 iniciou as pesquisas para seu primeiro filme de ficção, o longa-metragem “Claudia”, e se especializou em Direção de Fotografia. Em 2019 rodpi o filme “Meninas Invisíveis”,  fundou o Africa.Br Contemporary Institute, e recebeu a proposta para se tornar Executiva da Produção Artística da Rede Globo, assumindo uma equipe de Designers, Produtores de Arte, Cenógrafos, Cenografia 3D e Contra-Regras, entre o Rio de Janeiro e São Paulo.

Ela integra o Júri Executivo do Gerety Awards, do + Mulheres Lideranças do Audiovisual Brasileiro, é uma das líderes do Grupo Mulheres do Brasil, assim como também faz parte do The Rewrite-Netflix, um time de líderes do Brasil, EUA e de outros países, que estão ajudando a reescrever a história do Audiovisual.