1
 
Categorias Empresas

SOCIEDADE ALIMENTA COLEÇÃO DE PROTESTO

Publicado em
Clique para ampliar

Lançada há um ano, a marca gaúcha Coleção de Protesto, com sede no bairro Floresta, Porto Alegre, apresenta mais um modelo que estampa a indignação da sociedade brasileira.

Desta vez o tema é a absolvição por “falta de provas” do empresário André de Camargo Aranha, denunciado por estupro pela blogueira Mariana Ferrer, ocorrido no beach club Café de La Musique, na praia do Jurerê, em Florianópolis.

Dezenas de pedidos da nova camiseta já chegaram à empresa, que se define como uma marca de causas estampadas em vestuário e acessórios.

A inspiração para a camiseta surgiu após reportagem do portal The Intercept Brasil, publicada na última terça-feira (03), mostrando cenas revoltantes de humilhação protagonizadas pelo advogado de defesa do acusado, Cláudio Gastão da Rosa Filho.

Embora não conste da decisão do juiz Rudson Marcos, da 3ª Vara Criminal de Florianópolis, o veredicto ficou conhecido como “estupro culposo”, que não existe previsto na legislação brasileira.

“Nos sensibilizam todas as causas humanas. Acreditamos que o amor está acima de tudo e a partir dele toda causa é legítima. Desenvolvemos arte e reflexão por meio de estampas materializadas em nossas camisetas e acessórios”, diz a empresária Tatiana Marques.

A marca nasceu de um sonho dela, após o assassinato da vereadora carioca Marielle Franco. A ideia foi amadurecendo até o projeto se tornar realidade em setembro de 2019, com a primeira coleção. A comercialização da Coleção de Protesto é realizada exclusivamente online.

.