Categorias Ação Social

VIDAS E MÓVEIS DESPEJADOS

Publicado em

Só na Grande São Paulo, 1.300 famílias foram despejadas de suas casas nesses seis meses de pandemia. O aumento do desemprego a redução de salário e a consequentemente inadimplência, são as causas que agravaram a crise habitacional na região metropolitana.

Diante desse quadro, apresentado pelo Laboratório Espaço Público e Direito à Cidade da Universidade de São Paulo a agência CP+B iniciou uma ação de conscientização e mobilização da sociedade para ajudar pessoas que perderam sua moradia.

A campanha para o projeto Atalho ganhou a adesão de empresas de móveis, design e decoração, como a Mobly, INI Original e Fitto Design.

Em suas contas no Instagram, essas marcas chamam a atenção de seus clientes mostrando móveis nas ruas, alertando para o número de famílias desabrigadas e convidando a ajudarem esta causa.

Nas timelines, nada de produtos ambientados em lugares inspiradores. Essas empresas ainda farão doações pontuais, como a Mobly, que reverterá 10% de suas vendas no período de 14 a 28 de setembro.

 “Vivemos um momento em que devemos encorajar a empatia. Este trabalho tem a ambição genuína de ajudar famílias desabrigadas, através da parceria de renomadas marcas de móveis e design, que abraçaram a causa e estão disponibilizando sua imagem nas mídias sociais para amplificar este simples pedido de ajuda”, diz Marcos Medeiros, sócio e CCO da CP+B Brasil.

As doações serão enviadas ao Projeto Atalho, iniciativa que orienta e direciona as doações, estando à frente de toda a logística e entrega aos projetos sociais pertinentes. 

A iniciativa, que também conta com a parceria da MField, especializada em marketing de influência, prevê que mais marcas se unam nesta causa e ajudem a milhares de famílias a retornarem para seus lares. 

Criação de Alexandre Kazuo, Lucas Ribeiro e Victor Favero, com direção criativa de Marcelo Rizério e direção geral de Criação de Marcos Medeiros e André Kassu.

Fotografia de Gustavo Mendes, Pablo Vaz e Alexandre Kazuo. Produção Gráfica de Robson Ciaramicoli. Produção do vídeo do Studio Vero. Aprovação de Isabela Assunção.