1
 
Categorias Cannes 2020

MARY INAUGURA GALERIA FEMININA

Publicado em

Criadora da campanha “I Love New York”, Mary Wells Lawrence é a primeira mulher a ganhar o Lion of St. Mark 

Mary: logo que resgatou NY em 1977

Criado há 43 anos, o slogan “I Love New York” também é um logotipo estampado mundialmente e ainda inspirou uma música que Madonna gravou em seu álbum “Confessions on a dance floor”.

Os traços são do designer Milton Glase, contratado por Mary Wells Lawrence para ilustra a campanha que sua agência Wells Rich Greene criou em 1977 para promover o turismo do estado e da cidade de Nova York.

Primeira mulher norte-americana a comandar um grande agência de publicidade, ela também será pioneira no Cannes Lions a receber o troféu de São Marcos. À semelhança do Leão de Veneza, que deu origem ao festival, o prêmio é um reconhecimento do mais importante evento internacional de Criatividade a profissionais que contribuíram com seu trabalho para o desenvolvimento da indústria.

Desde 2011, quando foi lançado, o prêmio só foi parar em mãos masculinas, entre elas do único brasileiro premiado, Marcello Serpa, em 2016.

A lista tem de John Hegarty a Jeef Goodby e Rich Silverstein, passando por Joe Pytka, Dan Wieden e David Droga.

Mary Wells assim inaugura a presença feminina nessa galeria, e será homenageada durante o Cannes Lions Live, versão online do festival da  edição presencial cancelada este ano por conta da pandemia da Covid-19.

Mary fundou a Wells Rich Greene em 1966. A campanha para o turismo de Nova York que a celebrizou foi lançada em 1977. Antes disso, em 71 ela já havia sido nomeada Advertising Woman of the Year pela American Advertising Federation e, em 1999, entrou para o American Advertising Hall of Fame.