Categorias Internacional

GRACIAS PAPÁ, GRACIAS MAMÁ

Publicado em

Há 15 dias a Espanha começou a flexibilizar a quarente para o público infantil, permitindo que crianças menores de 14 anos pudessem sair às ruas acompanhadas por um adulto durante uma hora. Hoje já podem ficar fora de casa entre meio dia e sete da noite.

Foram dois meses trancados num dos países mais atingidos pela pandemia da Covid-19, até agora com mais de 27 mil mortes entre 230 mil infectados.

Os pequenos só conseguiram superar o isolamento total graças aos esforços de seus país, como retrata campanha de agradecimento aos seus heróis, criada pela agência AnyGivenDay, de Mariano Duhalden e Hernan Cerdeiro, para o festival internacional de Comunicação Infantil El Chupete.

A homenagem, batizada de #SoisENORMES (#YouAreAmazing), tem como objetivo enviar uma mensagem de incentivo aos pais com crianças em casa. O vídeo, nas versões em Espanhol e Inglês, já alcançou mais de 10 milhões de views, assistido especialmente na própria Espanha, México, Colômbia, Argentina, Panamá, Portugal, Itália e Alemanha.

As crianças, fechadas entre quatro paredes que geralmente não excedem 60 m2, concentraram sua imaginação, criatividade e curiosidade num pequeno espaço, tentando de alguma forma liberar sua energia. Isso obrigou seus pais a se transformarem em melhores amigos, professores, contadores de histórias, chefs, palhaços, mágicos e persoanl training, acumulando essas funções com seus “teletrabalhos”.

“El Chupete” foi criado em 2005 por Rodrigo Ron de Miguel Angel Carvajal em Madri. É o pioneiro como Festival Internacional de Comunicação Infantil, evento independente que tem como finalidade destacar os melhores trabalhos criativos com valores, dirigidos ao público infantil.

!Estamos imersos em uma sociedade da informação, que está mudando a uma velocidade sem precedentes. Isso exige que todos cuidemos especialmente das crianças, que são direta e continuamente expostas a essas mensagens”, diz Rodrigo Ron.

“Esses pais e mães merecem aplausos porque também são heróis dessa pandemia”, conclui