Categorias Memória

O ADEUS A ENZO BARONE

Publicado em

Às 17 horas deste domingo (1º de março), a propaganda brasileira se despede de um dos mais destacados produtores de comerciais. Enzo Barone, fundador da Cinemacentro, partiu para o descanso após uma luta de quatro anos contra um câncer. Será velado no cemitério Gethsêmani a partir das 12  horas .

Italiano de Luca, o cineasta Enzo Barone tem 11 longas-metragens em seu currículo. Na publicidade foi um grande vencedor, com 17 Leões no Festival de Cannes, um Grand Prix no FIAP e três Profissionais do Ano. No total, são mais de 500 prêmios nacionais e internacionais.

Em 2013 se tornou  sócio da Volcano Hotmind, com o filho Giancarlo, além de Paulo Blassioli e Luiz Evandro.  Enzo assumiu o comando da produção executiva com o objetivo de incrementar a área de filmes publicitários e longas-metragens. Nunca deixou morrer, porém, sua Cinemacentro, dedicada nos últimos tempos à produção de comerciais de Varejo.

Formado engenheiro pela Mauá, Enzo, entretanto, partiu para sua paixão profissional ao concluir o curso superior de Cinema São Luís.

Há cerca de um ano e meio, meu celular indicava uma ligação de Enzo Barone, com quem não falava há algum tempo. A surpresa logo se transformou numa conversa de amigos que sempre se admiraram como profissionais.

Já lutando contra a doença, Enzo porém, me pareceu animado no almoço que tivemos. Bebeu seu gin tônica enquanto falava dos planos da produtora. Sugeri uma entrevista gravada para falarmos de sua carreira, de seus comerciais premiados, longas de sucesso. Na hora ligou para Giancarlo para pedir um trabalho de seleção de materiais.

Cobrei uma única vez. Diante da resposta: “Estamos vendo”, percebi que infelizmente esse vídeo jamais seria produzido. Uma pena para o mercado e para a futura geração de cineastas.

Para mim, Enzo continuará sendo o amigo diretor que tanto contribuiu para a propaganda brasileira. Descanse em paz.