Categorias Datas

UM PRESENTE MAIS QUE ESPECIAL

Publicado em

João Maia, deficiente visual, não deixou de realizar seu sonho de se tornar fotógrafo. Pelo som e sentidos ele se especializou em registrar imagens de paratletas em ação. Neste Natal, a Canon decidiu presenteá-lo com uma extensão de seu corpo, assim como os atletas deficientes utilizam suas poderosas próteses.

Claudemir Aleixo, paratleta, foi o portador de um incrível protótipo de câmera fotográfica com voz, capaz de orientar João em seu trabalho.

Campanha criada pela Dentsu apresenta a superação em histórias reais sob o conceito “Um Natal para Acreditar’.

Além de Aleixo, o filme com veiculação nas redes sociais da marca, tem como protagonistas Sabrina Custódia e Claudine dos Santos, os paratletas convidados pela Canon que também convocou João Maia para produzir um ensaio fotográfico.

A ação incluía um minidocumentário, do qual João participou para falar de sua paixão, sem saber que estava prestes a receber o presente mais importante de sua carreira: uma câmera fotográfica otimizada para cegos com acessibilidade através de leitura das funções por arquivo de voz embutidos no cartão de memória. A câmera que fala foi desenvolvida pela Dentsu Brasil, IWS e Canon do Brasil.

“Com base em um produto da Canon, criamos esse protótipo de câmera especialmente para o João Maia. Todo o processo levou oito meses de desenvolvimento e o resultado foi incrível”, explica Filipe Cuvero. VP de Criação da agência. 

“Estamos felizes com resultado desta campanha de Natal. Quem atua com imagem e registro de momentos especiais sabe que sem amor e dedicação não é possível realizar coisas inesquecíveis. O trabalho de João Maia e dos paratletas envolve muito amor e a campanha da Dentsu Brasil deixa isso muito claro. Esperamos que as pessoas se inspirem”, diz Tânia Abe, responsável pelo Marketing da área de consumo da Canon do Brasil.

Para Mario D’Andrea, CEO e CCO da Dentsu Brasil, “são momentos como esse que nos fazem ter certeza de que estamos no caminho certo para a Canon, uma marca que sempre se coloca no centro de momentos inesquecíveis da vida das pessoas”.  

Criação de Diego Torres, Thiago Gambôa, Filipe Cuvero, Kojiro Tanoue, Murilo Torezan e Christian, com direção executiva de Criação de Filipe Kuvero e direção geral de Mario D’Andrea. Head de Conteúdo, Diego Torres.

Produção da Academia de Filmes, com direção de cena de Adriana Yanez, fotografia de Bruno Tiezzi, direção de arte de Rafael Blas e produção executiva de Marily Raphul e Duda Marujo. Som da Lua Nova, com produção de Fred Benuce e Isa Salles.