Categorias Entrevista

SAMBA TECH ATINGE 5% DO MERCADO MUNDIAL

Publicado em
Filizzola: reputação de marca

Fundada em 2009, a Samba Tech alcança 5% do mercado global de Open Videos Platform através de seus dois principais produtos, Samba Play e Samba Vídeos. A empresa contabiliza mais de 300 clientes, atuando no Brasil, Argentina, Equador e Costa Rica, na  América Latina, e operando num total de 26 países. Além disso, atinge 300 milhões de alunos por mês no ensino à distância.

Até então já se incluía entre os principais players mundiais no  serviço de armazenamento de vídeos, registrando cerca de 20 mil usuários e 35 milhões de vídeos views.

Presidida pelo CEO Gustavo Caetano, a Samba Tech, tem investimento da DFJ FIR Capital e parceria global com Massachusetts Institute of Technology. Pedro Filizzola, CMO da empresa, conta nesta entrevista ao Blog os planos de crescimento no mercado de OVP.

Quais foram os segmentos mais desafiadores para a empresa desde o ínício de operação?

A Samba Tech, pelo seu posicionamento sempre corporativo ao longo dos anos, trouxe um novo desafio de ingressarmos no mercado educacional. Por existirem diversas plataformas de educação no segmento e muitas Learning Management System, algumas pessoas não compreendiam a real necessidade de utilizar a nossa tecnologia. Após fecharmos negócios com grandes instituições e nomes desse mercado, conseguimos mostrar que diferente de outras plataformas, poderíamos entregar algo novo, mais interativo e com uma experiência única para cada tipo de usuário.

Quais são segredos desse crescimento nos últimos 10 anos?

Possuímos clientes de todos os segmentos e com estruturas diferenciadas e além disso, a nossa plataforma possui robustez e qualidade de streaming que facilita que os produtores de conteúdo possam subir os vídeos com facilidade e distribuí-los com qualidade. Qualidade de streaming acaba sendo sinônimo de qualidade de entrega e os clientes que oferecem conteúdos exclusivos, que são consumidos por milhares de pessoas, também contribuem para esse crescimento.

Quais são os planos para os próximos anos?

Além de conquistar novos clientes, desenvolvendo features que facilitem a produção e distribuição dos vídeos, queremos incentivar a produção de conteúdos para que as pessoas possam expandir seus negócios e consequentemente, contribuir para o crescimento do consumo de vídeos no Brasil.

Como o Brasil está posicionado no mercado de OVP?

Hoje no Brasil, o ensino a distância está passando por um grande momento, e cada vez mais instituições estão investindo nessa estratégia. O ensino superior a distância já alcança mais de 1 milhão de alunos. Em 2005 o número de matriculados em EAD era cerca de 100 mil e cresceu 1000%, em pouco mais de 10 anos. O que eu vejo é que hoje, não só os gigantes do ensino entenderam o potencial não só do EAD como o poder dos vídeos também, seja ele no mercado corporativo ou de entretenimento, mas o pequeno produtor de conteúdo individual também descobriu que pode ganhar dinheiro criando seus próprios cursos. Acreditamos que no futuro, estaremos com um mercado com tecnologias competitivas com o mercado internacional.

O que foi fundamental para conquistar 5% do mercado global? 

Para se ter uma ideia, a utilização dos vídeos dentro de um site faz com que ele se torne mais atrativo, informativo e relevante para quem o acessa. Quem opta por investir nesse segmento, criando conteúdo relevante e de qualidade, tem a vantagem de quebrar barreiras linguísticas, já que ele permite a comunicação com o público de forma muito mais completa e consegue explicar pontos que um texto pode ter deixado nebuloso. Além disso, captura a audiência que às vezes não leria seus artigos, enriquece suas publicações e ganha em autoridade e relevância tanto por parte da audiência quanto dos principais mecanismos de busca. Além disso, consideramos essencial para quem usa os vídeos como estratégia, aumentar a reputação da marca, educar, treinar e reter clientes, funcionários e demais pessoas que possam ter afinidade com os seus produtos. Também, utilização em campanhas de e-mail marketing explicando a funcionalidade de determinado produto ou serviço.

Quais são as metas para o setor de Ensino à Distância?

Queremos dobrar no número de clientes em todos os segmentos e aumentar o número de requisições no nosso player. Ou seja, contribuir ainda mais para que a educação seja tecnológica e acessível a quem quer que seja.