Categorias Internacional

BBVA APOSENTA MÉTODOS PRÉ-HISTÓRICOS

Publicado em

A primeira grande campanha da DDB Colômbia para seu cliente Banco Bilbao Vizcaya Argentaria, grupo espanhol com presença em mais de 30 países, inova no segmento para apresentar uma evolução tecnológica da instituição.

Para mostrar que já é possível ativar dinheiro no celular, “Pare de ser Uga-Uga” convoca o público a deixar de lado costumes financeiros antigos.

De forma bem humorada, comercial de estreia mostra que as novas ferramentas móveis disponibilizadas pelo banco transformam o pagamento em dinheiro em um ato típico dos homens das cavernas.

“Não é hora de manifestos”. Não é hora de ter apenas palavras agradáveis, vozes profundas como áudios de autoajuda e situações mágicas em câmera lenta. É hora de dizer: “Vamos fazer isso acontecer”, explica Leo Macias, CCO da DDB Colômbia.

A campanha, com direção criativa de Juan Cárdenas e Carlos Agudo, ainda prova que o banco está literalmente nas mãos dos clientes, através do smartphone. E que quem ainda não aderiu ainda se expressa com “Uga-Uga”, como faziam os homens na pré-história.

O filme, realizado pela produtora Rayhuela, tem direção do premiado argentino Luciano Quilici, que adiciona sua experiência em narrativa a um trabalho detalhado de efeitos especiais e maquiagem.

O objetivo é que os clientes do banco percebam que se usam o celular para ver fotos, criar histórias, comprar mantimentos, descobrir lugares e até encontrar um parceiro, também é possível fazer o mesmo com os serviços financeiros.

Um homem das cavernas moderno é a prova desse novo tom “inteligente e engraçado” que representa uma grande mudança na comunicação publicitária do BBVA.

“´É uma campanha que quer desafiar a indústria, as pessoas, o país e especialmente nós mesmos. É o resultado do trabalho árduo de uma equipe de marketing talentosa, e a agência que está provando que se pode obter melhores resultados fazendo as coisas de maneira diferente. Como dizia Bill Bernbach, O memorável nunca surgiu de uma fórmula“, comemora Borja De La Plaza, presidente e CEO do Grupo DDB Colômbia.