Categorias Mercado

MC DONALD’S CELEBRA O AMOR

Publicado em

Bombom mais vendido do Brasil, com 21 bilhões de unidades consumidas desde sua criação, em 1938, pela Lacta, Sonho de Valsa é o novo sabor do cardápio do Mc Donald’s.

Lançado no Dia do Amor, comemorado em 25 de abril, o chocolate com casquinha de wafer e recheado com creme de castanha é o principal ingrediente dos novos Mc Flurry e McShake da rede.

Símbolo desse sentimento, Sonho de Valsa, atual marca da Kraft Foods, foi escolhido como novo sabor das sobremesas do Mc Donald’s para homenagear a data, explica Roberto Gnypek, vice-presidente da Marketing da rede.

A parceria com grandes marcas do mercado tem obtido sucesso nas lanchonetes do McDonalds. “No último ano, as vendas subiram 12% em relação ao período anterior”, conta Gnypek, responsável também pela associação com Ovomaltine, que provocou polêmica com o Bob’s, ex-parceiro do achocolatado.

A campanha de divulgação das novidades foi criada pela DPZ&T, incluindo filme para a TV, material de ponto de venda e peças Out Of Home.

O sorvete McFlurry Sonho de Valsa é uma sobremesa composta por mix de baunilha, cobertura de chocolate, pedaços de Sonho de Valsa e farofa doce crocante. Já o McShake é preparado com leite, mix de baunilha, cobertura de chocolate, cobertura sabor Sonho de Valsa e farofa doce crocante.

A DPZ&T promoveu um social listening que analisou as formas como o brasileiro trata o tema “Amor”, aumentando o potencial de engajamento das redes sociais na campanha.

“Mais do que sobremesas, o McFlurry e o McShake Sonho de Valsa são gestos de amor. Com o conceito criativo Quer provar o seu amor? Então prova, fazemos um convite para as pessoas se conectarem e homenagearem quem amam através das duas novidades do cardápio do McDonald’s”, explica Sergio Mugnaini, diretor de Criação Executivo da DPZ&T.

Criação de Daniel Motta, Luciano Fonseca e Daniel Mattos, com direção criativa de Mugnaini e direção geral de Rafael Urenha.

Produção da Paranoid, com direção de cena de Heitor Dhalia e fotografia de Will Etchebehere. Trilha da Lucha Libre, com produção de Paulinho Corcione e locução de Danilo Barbalaco.