Categorias Prêmios

DROGA NA GALERIA DE SÃO MARCOS

Publicado em
Droga: muito a fazer

O Leão de São Marcos, instituído em 2011 pelo Festival Internacional de Criatividade de Cannes, será entregue este ano a David Bjorn Droga, fundador e presidente da Droga5, agência fundada em 2006 em Nova York.

Australiano de Perisher Valleuy, Nova Gales do Sul, David é um dos publicitários mais premiados no Cannes Lions, onde acumula 70 Leões de Ouro, 15 Grand Prix e um Leão de Titânium.

Droga se formou na Escola Australiana de Escritores e Diretores de Arte em 1986. Em 1990 se tornou sócio da OMOM Siddney e seis anos depois assumiu a direção executiva de Criação da Saatchi & Saatchi de Cingapura e direção regional da área na Ásia. Em 99 se tornou diretor criativo da S&S Londres e em 2003 se mudou para Nova York como CCO Worldwide da rede Publicis.

O brasileiro José Papa, diretor geral do Cannes Lions, diz que Droga estabeleceu um padrão criativo global, razão do prêmio, que visa homenagear profissionais que prestam uma contribuição significativa para a indústria da publicidade.

“É incrível ser reconhecido com esse prêmio quando você ainda sente que tem muito mais a fazer e provar”, comemora Droga, aos 48 anos.

A galeria do Lion of Saint Mark conta até agora com John Hegarty, fundador da BBH, Dan Wieden, fundador da W+K, Lee Clow, presidente da TBWA, Joe Pytka, diretor de filmes publicitários mais premiado do mundo, Bob Greenberg, fundador e CEO da R/GA, e o brasileiro Marcello Serpa, ex-presidente da Almap BBDO.