Categorias Sem categoria

CID, UM ÍCONE DA COMUNICAÇÃO

Publicado em
Cid: voz de muitas marcas

Durante as décadas de 50 e 60, dezenas de peças publicitárias de marcas como Kolynos, Esso, Texaco, Casas da Banha, Alka Seltzer, Lifebuoy e Ducal, entre outras, tiveram como locutor um paulista de Taubaté nascido em 1927 e que começava sua carreira no rádio. Em 1969 ele passou a ocupar uma das cadeiras de apresentador do Jornal Nacional, onde ficou sentado até 1996. Em sua carreira, Cid Moreira apresentou do Canal 100 de Carlos Niemeyer até o Fantástico, onde atua até hoje. Emprestou sua voz para narrar “Dois Filhos de Francisco” e em 2001 gravou, na íntegra, a Bíblia Sagrada. Cid Moreira é uma lenda da TV e da propaganda. Na última terça-feira (27), foi homenageado pela ESPM, a principal escola de publicidade do País, com a Medalha do Mérito Rodolfo Lima Martensen. A iniciativa foi de Armando Ferrentini e José Roberto Whitaker Penteado, presidentes do Conselho e da escola. “Por reconhecermos em Cid Moreira sua contribuição ao marketing e à comunicação, resolvemos, neste 65º aniversário da ESPM honrar o narrador e apresentador com a nossa maior Medalha de Mérito. Sua inquestionável contribuição ao telejornalismo em nosso país, contribui para a formação de futuros jornalistas, não só da ESPM como de todas as faculdades do país”, justificou Whitaker Penteado.