Categorias Sem categoria

EMOÇÃO, CRIATIVIDADE, TECNOLOGIA E LEÃO

Publicado em

Tatiana Guerra, de 30 anos, perdeu a visão aos 17. Com 26 semanas de gestação, foi fazer exame rotineiro de ultrassom. Ela sabia que jamais poderia ver o filho, mas estava ansiosa para conhecê-lo pelo tato, explorando cada parte do seu corpo. Naquele dia ela teve uma grande surpresa. Todas as respostas das perguntas que fez ao médico, sobre o nariz, as mãos, o rosto do bebê, foram respondidas através de uma impressão em 3D do feto, com a inscrição em braille “Eu sou seu filho”. Emocionada e feliz, Tatiana foi protagonista, sem saber, do filme “Conhecendo Murilo”, que deu à agência Mood o único prêmio brasileiro na nova categoria “Creative Data”, que teve como jurado André Pasquali, VP de Criação da Rapp, representando o país. O Leão de Bronze certamente será dividido com a produtora digital The Goodfellas, de Maysa Oliveira e Caroline Rua, a mais premiada no ano passado no Mobile Lions, que apresentou e viabilizou a ideia realizada pela Mood e assinada pela Huggies, marca de fraldas da Kimberly Clark, que corajosamente apostou no projeto. Embalado por trilha da Lua Nova, o filme faz parte de uma série que também apresentou a mães deficientes visuais, em 3D, os bebês Lorena, Isabela e Wendell. Pela Mood, assinam a criação da campanha André Félix, Bruno Brasileiro, Felipe Munhoz, Rafael Gonzaga e Ricardo “Brad” Correia e o VP Valdir Bianchi.