Categorias Sem categoria

PIONEIRO SE VAI PARA A ÚLTIMA VIAGEM

Publicado em
Júlio Hungria revolucionou a cobertura de Cannes

Festival de Cannes 1995. Edição polêmica, com Frank Lowe presidindo o júri de Filmes e decidindo não conceder Grand Prix pela primeira vez à área. Há 20 anos, o evento só avaliava comerciais, mídia impressa, Mídia e estreava o Radio Lions. Os veículos especializados que cobriam a competição, Propmark, M&M e About, seguiam agenda parecida. Na tarde de sexta-feira, após coletiva do júri, enviavam seu material para as redações aqui em São Paulo prepararem as edições impressas da segunda-feira. Mas naquele ano tudo seria diferente. Fundado por Júlio Hungria, o carioca Bluebus, primeiro site de notícias do mercado, iria “furar” todo mundo. Presente na Riviera, Elisa Araújo mandava notas online para Hungria. O leitor não teria mais que esperar até a próxima semana. Um pequeno movimento de jornalistas brasileiros no local ameaçou impedir a presença do Bluebus na coletiva. Mas, imediatamente, a consciência. Hungria é que tinha razão. Nós é que estávamos atrasados. Proibir a presença do Bluebus só iria adiar o problema. Tínhamos que gastar nossas energias em criar nossos próprios sites. Assim foi feito e assim nasceram os outros onlines do mercado. Júlio Hungria faleceu neste domingo no Rio de Janeiro. Com ele vai para a história da propaganda a inovação que revolucionou a cobertura brasileira do atual Cannes Lions. Boa viagem no seu ônibus azul, companheiro.