1
 
Categorias Live Marketing

CAMPANHA POR SOBREVIVÊNCIA

Publicado em
Celio: não sobreviveremos

Depois de seu ex-chairman Celio Ashcar Jr. lançar no mercado a ação “Job Entregue. Job Pago”, a Associação de Marketing Promocional, entidade nacional que representa as empresas de live marketing, decidiu lançar campanha sobre o tema.

Objetivo é conscientizar grande parte de empresas que utilizam serviços dessas agência de que não é mais possível trabalhar com prazo de pagamento de 120 dias.

Sócio da Aktuellmix, Celio exerceu por quatro anos o comando da Ampro, período em que vivenciou muitas dores do segmento.

“Com essa pandemia, essas dores ficaram maiores. Por isso resolvi convidar o mercado a refletir sobre as ultrapassadas e abusivas práticas de remuneração exercidas pelos anunciantes”, diz.

Para ele, aceitar pagamentos acima de 30 dias é praticamente decretar o fim das agências. “O mercado está sem trabalho desde março, e não sabemos quando iremos voltar.  E depois de voltarmos ainda receber o pagamento em 120 dias, isso quer dizer que passaremos o ano de 2020 sem receber nenhum pagamento. Como sobreviveremos?”, questiona.

Celio explica que embora a discussão não seja nova, estava esquecida. Acredita que agora é um ótimo momento de se abrir um novo diálogo.

“O coronavírus veio de forma muito agressiva, causando efeitos devastadores. Agências fechando, profissionais demitidos e sem perspectiva de trabalho. Temos que tentar minimizar essas perdas. E eu só acredito que conseguiremos com a união de toda cadeia da comunicação, mas principalmente na relação entre cliente e agência”, afirma.

Com ele explica, a Ampro sempre esteve ativa neste assunto, percorrendo o país e conversar com as agências e clientes.

“Nos aproximamos da ABA na busca de melhorias com o lançamento do “Guia  de Boas Práticas do Relacionamento entre Agências de Live Marketing e Clientes”.

Segundo ele, muitas agências estão engajadas e buscam o diálogo com seus clientes. Sua Aktuellmix conversa com todos os nossos clientes, mesmo sabendo que será uma mudança gradativa, já que essa decisão envolve muitas áreas de uma empresa, e em alguns casos necessitam até mesmo de decisões globais.