Categorias Mercado

IADE SE MODERNIZA E REABRE PORTAS

Publicado em
Adriana e Bruno Bianchi: novo formato

Por iniciativa de Adriana e Bruno Bianchi, da família do fundador Ítalo Bianchi, o Instituto de Arte e Decoração, reabre suas portas depois de 28 anos. O espaço, em formato de galeria, pretende se tornar centro de exposições, palestras e desenvolvimento do novo mobiliário brasileiro. O renovado IADE, sintonizado com os avanços das áreas de artes visuais e design, pretende manter o espírito de Ítalo Bianchi e seus parceiros Álvaro Landerset Simões e Paulo Ramos Machado, que o inauguraram na década de 50. Durante anos foi um centro formador de profissionais capazes de criar novos conceitos baseados em ergonomia, desenho técnico, design, estudos de materiais, estudos de cores, texturas, beleza, utilidade e praticidade. Seu curso de três anos de duração formou profissionais através da integração entre a instituição de ensino, a indústria e o mercado. Como referência nacional do setor, inclui em sua lista de professores e alunos nomes como Ricardo e Ruy Ohtake, Laonte Klawa, Haron Cohen, Baravelli, Nelson Leirner, Guto Lacaz , Marcelo Nitsche, Carlos Perrone, Sérgio Ferro, Tizuka Yamazaki, Sageje, Samy Bussab, Antônio Benetazzo, Carlos Henrique Heck , Wollner, Wesley Duke Lee, Carlos Fajado, Sérgio Romagnolo, e Lenora e Fabiana de Barros entre outros. Em 1969 o IADE foi transformado em Colégio Técnico de Desenho de Comunicação por exigência do Ministério de Educação e Cultura. Em 1987 encerrou suas atividades até voltar agora em novo formato.