Categorias Campanhas

ABRA A BOCA E ABRA OS OLHOS

Publicado em

Campanha assinada pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) para a coalização Aliança pela Alimentação Adequada e Saudável, visa mobilizar a população para participar de consulta pública da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) sobre o tema.

Criada pela agência Repense com o conceito “Quando abrir a boca não feche os olhos” tem também como objetivo exigir nova rotulagem frontal nas embalagens dos alimentos.A estratégia de comunicação inclui veiculação em mídia digital, filme para TV, mídia Out of Home, ativações e intervenções urbanas de impacto.

O pedido é que as empresas informem corretamente o excesso de açúcar, sódio e gorduras saturadas presentes nos alimentos embalados. O consumo excessivo desses nutrientes impacta na saúde pública provocando, por exemplo, uma epidemia de obesidade na população. O Idec reforça na campanha que o alerta nas embalagens deve ser no formato de um triângulo preto e em tamanho com boa visibilidade.

“Uma pessoa bem informada pode tomar as melhores decisões na hora de comprar e consumir alimentos. Queremos engajar a população nessa causa pela informação clara, correta e pelo bem da saúde dos brasileiros”, diz a Dra. Ana Paula Bortoletto, nutricionista e líder do programa de alimentação saudável do Idec. 

 

Estruturada em duas fases, a primeira etapa da campanha contempla esforços de visibilidade e conversão, que englobam desde display em canais de notícias a social media, Native-ads e links patrocinados. Já a segunda fase vai intensificar a comunicação com peças no YouTube, Portais, Sites verticais, canais Out of Home e TV.

 

“Ao pensarmos no mote da campanha, criativamente desconstruímos a frase clássica Abre a boca e feche os olhos para chamar atenção a um assunto tão atual e ao mesmo tempo que facilmente pode passar despercebido por grande parte da população brasileira”, explica Alexandre Ravagnani, diretor executivo de criação da Repense.  

 

Criação de Martin Montingelli, Akira Tateyama, Mário Jorge e Roger Barbosa, com direção criativa de Alexandre Ravagnani.