Categorias Campanhas

ORIGINAIS E IRRESISTÍVEIS

Publicado em

Piraquê, marca de biscoitos, massas e torradas atualmente pertencente à M. Dias Branco, segue desde o final dos anos 60 o design de embalagens criado por Lygia Pape, uma das mais importantes artistas plásticas brasileiras.

Tradicional, a marca mantém nas prateleiras dos pontos de venda produtos que lançou no mercado, como Cracker de Gergelim, Goiabinha, Biscoito de Leite Maltado e os salgadinhos Presuntinho e Queijinho.

Dessa forma, com o conceito “A receita é ser original”, apresenta a maior campanha publicitária de sua história, a primeira criada pela Lew’Lara\TBWA.

Pesquisa promovida pela empresa constatou que a originalidade é, de fato, um dos principais atributos de Piraquê, ancorado nas icônicas embalagens e, principalmente, nas receitas de produtos originalmente criados pela marca, impossíveis de copiar.

“É impossível não amar Piraquê. Suas receitas originais fazem parte da vida dos consumidores brasileiros. Esse novo posicionamento rejuvenesce e deixa ainda mais relevante essa marca tão importante”, diz Felipe Luchi, CCO e sócio da Lew’Lara\TBWA. 

O comercial “Degustadora” destaca esses atributos mostrando uma degustadora que não consegue parar de ela mesma experimentar todos os produtos, deixando à sua frente uma longa fila de consumidoras.

A campanha inclui investimento em digital e em projetos inovadoras, como uma parceria com o canal de humor Porta dos Fundos. “O foco no digital complementa a estratégia de rejuvenescimento da marca e aproximação dos jovens e das jovens-famílias”, explica Rodrigo Mainieri, gerente de Marketing da M. Dias Branco.

“Com essa campanha, a M. Dias Branco pretende iniciar uma nova fase para a marca Piraquê, que assume papel estratégico dentro do portfólio da companhia, com foco principal na categoria de biscoitos e na geração de valor”, afirma Rodrigo Mainieri.

Criação de Rafael Merel e José Neto, com direção criativa de Fabiano Pinel e Juliano Ribas e direção geral de Felipe Luchi.

Produção da Dogs Can Fly, com direção de André Vidigal e fotografia de Rhebling Júnior. Som da Carbono Sound Lab e locução de Marcelo Campos.