Categorias Campanhas

CHURRASCO COM VINHO

Publicado em

 Da mesma forma como o consumo de vinho aumenta no país, a compra da bebida online também registra crescimento significativo. Segundo a consultoria Wine Intelligence, o Brasil ocupa a 3ª posição mundial nesse quesito, atrás apenas da China e Reino Unido, com evolução de 40% ao ano. Estimativas indicam que no ano passado, cerca de 2 milhões de pessoas adquiriram o produto pela Internet.

Importante player desse segmento de mercado, o Clube Wine, o maior clube de vinhos do mundo, com mais de 140 mil sócios, investe em nova campanha, criada pela Innova AATB e estrelada pelo catalão José Valien Royo, que entre 1986 e 2010 foi garoto-propaganda da Kaiser.

A estratégia visa explorar a disputa pelo título de bebida mais popular do Brasil, ainda de posse da cerveja, consumida 35 vezes mais do que o vinho pela população.

De qualquer forma, há alguns anos o desempenho do vinho no mercado nacional é positivo. Hoje, o Brasil é o 17º maior consumidor da bebida no mundo, com 330 milhões de litros, ou 1,6 litro por pessoa por ano.

Portugal lidera esse ranking com 58 garrafas consumidas per capita ao ano, à frente da França, com 54 e Itália, 50.

O grupo Wine, fundado em 2008, opera, além do clube de assinaturas e e-commerce de vinhos, os e-commerces beer.com.br e Vinho Fácil, a Bodegas, de expansão de estratégia no mercado B2B e lojas físicas.

A campanha conta com o filme “No País do Vinho”, brincando com uma situação de churrasco em que alguém esquece de levar a bebida.

“Nossa campanha quer surpreender com bastante humor, levantando a bandeira de que o verdadeiro país do vinho é aqui. E se churrasco é coisa de brasileiro, por que não o vinho ser a bebida oficial do evento?”, diz Alexandre Carmona, sócio-diretor da Innova AATB.

“Temos apostado em campanhas de humor para democratizar ainda mais o vinho no Brasil. A Wine teve um protagonismo nesse movimento”, afirma Laura Barros, diretora de Marketing do grupo Wine.

Os conteúdos da campanha serão veiculados em diferentes formatos digitais, entre eles peças a partir de mídia programática, Youtube, Facebook e Instagram.

Criação de Smuel Weczler e Rafael Bruno Melo, com direção criativa de Marcelo Sverzut e direção executiva de Luciano Teixeira. Produção da Black Filmes, com direção de cena de Bia Flecha e fotografia de Christian Lessage. Som da Lua Nova e locução de Fred Benuce.