Categorias Profissionais

COM A MESMA CÂMERA

Publicado em
Blue Helix: top 10 na Rádio Rock

Em intercâmbio de estudos no Kansas, nos anos 90, Arturo Querzoli já sabia o que queria para seu futuro. Então adolescente, filmou tudo o que achou interessante pela frente. Vinte e cinco anos depois, fez novas imagens com a mesma câmera, juntou com as cenas antigas, editou tudo e produziu seu primeiro videoclipe, “Anodyde”, da banda norte-americana Bleu Helix.

Com passagens pela Yes e Robolution, atualmente desenvolve projetos através de sua própria produtora, a Gazpacho. Com DNA de Cinema, filho de Renzo Querzoli, Arturo tem uma carreira de 16 anos dirigindo filmes publicitários e conteúdo para TV.

Com experiência de vida em São Paulo, San Diego, Londres e Barcelona, foi na capital da Catalunha que começou na publicidade, através da Home Films.

Em Londres, foi selecionado entre uma centena de jovens talentos pela agência The Bank para participar do projeto “Senza Tempo” com o italiano Gabrielle Muccino.

Arturo: nostalgia

Sua carreira começou na direção de curtas-metragens no Brasil, com passagem pela TV, dirigindo séries para o GNT (Gente Pop) e Canal Brasil (A Arte da Gastronomia pelo Brasil.

Diretor de fotografia do longa “Sequestro”, premiado no festival de Beverly Hills, Arturo também se destacou como precursos de filmes de moda no Brasil, com colaborações para revistas como Vogue e Marie Claire.

Já trabalhou como a japonesa Hakuhodo, The Bank London, AdStore Italia, Impact BBDO Lebanon, Saatchi & Saatchi Espanha, Almap BBDO, Africa e outras brasileiras.

O videoclipe “Anodyne” é uma homenagem à arte perdida de gravações de vídeo analógico VHS. As cenas de performance da banda foram gravadas em São Paulo durante sua recente turnê pelo Brasil. O Blue Helix venceu uma competição nacional e seu single Anti-Social Butterfly ficou dois meses entre o Top Ten da Rádio Rock.

“Anodyne” é uma viagem nostálgica aos anos 90 para lembrar de memórias especiais, como a primeira paixão, a escola, o primeiro porre com os amigos, o primeiro beijo e o jantar na casa da vovó.