Categorias Agências

INDEPENDENTE, GREY MUDA LIDERANÇA

Publicado em
Novo Board: lideranças da Grey

A fusão mundial entre VML e Y&R, que no Brasil gerou o novo grupo VMLY&R e extingiu o grupo Newcomm, provocou também mudanças na Grey, agência que integrava a holding criada por Roberto Justus.

Dessa forma, Marcia Esteves, presidente da agência, passa a responder também como CEO e vai se reportar diretamente a Marco Milesi, CEO e presidente da Grey Latin America.

Dessa forma, Marcia, que transformou a agência em uma potência criativa, cultural e financeira, com crescimento de receita superior a 15% em 2018, promoveu ainda outras mudanças no comando.

Adriano Mato, há quatro anos na agência como ECD e VP de Criação desde o ano passado, assume como CCO. Sob seu comando a Grey teve conquistas históricas em 2018, inclusive o inédito Grand Prix de Cannes.

Maria Pirajá, há três anos como diretora de Negócios, foi promovida é VP de Negócios.

Em 2018 ela havia assumido como Diretora Geral de Negócios, respondendo VP de Operações, Elise Passamani.

E para completar o time de liderança, que conta também Fabio Tachibana (VP de Mídia e B.I.) e Raquel Messias (VP de Estratégia), Marcela Borges acaba de chegar à Grey, como CFO.

Formada em Administração pela PUC e com mais de 20 anos de experiência, Marcela já atuou pela Leo Burnett Tailor Made, Ogilvy, DH&C Outsourccing, CSU Cardsystem, e Atento Brasil antes de chegar à Grey.

“A Grey é formada por um grupo de pessoas remando para a mesma direção, com um propósito claro e um projeto compartilhado com todos e por todos. Isso é a base que sustenta tudo o que fazemos e que faz com que o discurso se torne realidade. Além de trabalho duro e, claro, parceria e reconhecimento dos nossos clientes. Fico muito feliz e honrada por compartilhar a liderança da agência com estes seres humanos extraordinários”, comemora Marcia Esteves.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *