Categorias Campanhas

NISSIN REVERENCIA JEITO BRASILEIRO

Publicado em

“Continuem cozinhando do seu jeito”, diz Takashi Asano, diretor presidente da da Nissin Foods no Brasil. Ele é o protagonista da nova campanha da marca, criada pela Dentsu. No filme “Pedido de desculpas”, ele afirma que a empresa sempre achou que cozinhava o macarrão instantâneo do jeito certo, mas estava errada.

Depois de 53 anos de insistência no modo de preparo ideal do Lámen, a Nissin enfim reconhece que público brasileiro prepara o macarrão instantâneo mais famoso do mundo de um jeito muito criativo,conseguindo deixar o prato cada vez mais incrementado.

Assim, de maneira divertida, a empresa concordou em reconhecer que não sabe cozinhar o “Nissin Lámen Perfeito”. No comercial, gravado na sede da N issin, em Ibiúna, interior paulista, Takashi faz seu depoimento na companha de vários funcionários de diversas áreas, da diretoria à operação.

“Criamos uma comunicação inédita para a empresa que já tinha se rendido às invenções culinárias dos brasileiros. Nós pegamos essa realidade e, por meio do storytelling e do communication design, instigamos o público e desenvolvemos um posicionamento oficial e criativo para a marca, que já se consolidou na mente e no coração das pessoas”, explica Filipe Cuvero, VP de Criação da Dentsu Brasil.

“Reconhecer que os consumidores podem e devem continuar preparando o seu Nissin Lámen do jeito que mais o agrada é incrível. Nossa principal característica é a versatilidade. E para reforçar isso, não existiria jeito melhor do que contar com a presença de um alto executivo em uma campanha publicitária, isso é um grande marco para nós”, diz Gabriela Prudencio, gerente de Marca da Nissin Foods Brasil.

Criação de Filipe Cuvero, Kojiro Tanoue e Murilo Torezan, com direção de Design e Inovação de Kojiro Tanoue, Head de Arte Christian Faria, direção criativa de Filipe Cuvero e direção geral de Mário D’Andrea.
Produção da Fantástica Filmes, com direção de Marlon Klug e fotografia de Jonathan Van Thomaz. Som da Cabaret, com produção musical de Otávio Cavalheiro e composição de André Henrique.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *