Categorias Campanhas

ADIDAS CORTEJA “QUEBRADA”

Publicado em

Comercial brasileiro da campanha global da Adidas com Pogba tem locução  do humorista Thiago Ventura

Thiago: falo com jovens, sem ver a classe social

Criador da “Pose de Quebrada”, difundida nas redes sociais entre outras personalidades por Neymar, Gabriel Jesus, Mbappé e o piloto de Fórmula Um Lewis Hamilton, o humorista Thiago Ventura, hoje o principal nome do stand up comedy do país, é o narrador de um dos filmes da campanha mundial da Adidas.

Objetivo da marca é reforçar sua imagem junto a um público consumidor importante, ou seja, o jovem que valoriza seu bairro, sua turma, já que o texto de Ventura utiliza a linguagem das “quebradas”.

O vídeo com o campeão mundial pela França Paul Pogba faz parte da campanha de lançamento da nova linha de chuteiras da Adidas, que conta também com Lionel Messi e Gabriel Jesus. Os três jogadores aparecem em situações do cotidiano, mas os protagonistas da campanha são, na realidade,garotos que sonham ser igual aos seus ídolos.

O colaborador do Blog Rafael Oliver conversou com Thiago Ventura sobre sua participação na campanha:

Como recebeu esse convite?

“Foi muito doido. A gente foi fazer um jogo com um pessoal da Adidas. Joguei pelo time dos comediantes. Comecei a ter muito contato com os caras da Adidas. Começou a estreitar a amizade. Mas eu jamais iria pedir nada pra eles. Só que abriu-se essa janela de oportunidade. A Adidas sempre com um pensamento de ter noção que a quebrada compra pra caramba, tem uma boa comunicação com pessoal jovem. Aí eles perceberam que meu publico é jovem, gosta do meu jeito de falar, do meu posicionamento, como me comporto, e acharam que a minha imagem seria boa pro comercial. Aí fiquei feliz pra caralho. Eu não sou patrocinado pela Adidas oficialmente. Mas eles me mandam algumas coisas, produtos e eu como gosto muito da marca, uso”.

Te escolheram pra se comunicar com um público mais jovem ou pra falar com as classes C e D, que hoje tem um poder de compra maior?

“Eu falo com jovem sem julgar classe social. Todo mundo sabe que meu nicho é direcionado pra quebrada, quem vê de fora sabe que eu tô no comercial  por conta da quebrada. Mas claro, tenho um apelo maior sobre a classe C e D e talvez tenha sido estratégia deles sim”.

Você se considera um influenciador digital?

“Não posso me considerar. Mas não posso me isentar da responsabilidade. Quando peço pras pessoas assistirem algo, eles vão lá e assistem. O influenciador coloca uma opinião e faz as pessoas pensarem como eles.

A pose de quebrada ficou popular no mundo do futebol. Acha que contribuiu pra você ser chamado pela Adidas ?

“Não sei, não tem a pose no comercial. Eles queriam que fosse uma linguagem de quebrada. Mas por mais que não tenha, pode ter uma parcela”.

Mas até no game FIFA 19 vai ter a pose.

“Que doideira né mano? Você viu? Nooooossa… Imagina você tem um negocio que veio de um moleque que ninguém conhecia, dos quintos dos infernos de Taboão da Serra. Se tá brincando? Tem noção, o planeta todo vai ver isso. Essa porra de comemoração só existe porque eu fiz e me enche de orgulho. Vou fazer um quadro gigante”.

Existiu contrato com a empresa EA Sports responsável pelo FIFA?

“A Pose de Quebrada não é um produto. Tem coisa que vale mais do que dinheiro. Eu não quero que vire boné, vire um contrato. É boa porque é uma pose de quebrada. Eu não posso deixar isso virar um produto porque senão perde a magia. Se eu cobrasse pela pose ela não chegaria ao FIFA . Eu não paguei pro Neymar fazer a pose, pro Jesus, pro Mbappe, pra galera da NFL , pros atores globais. Fizeram porque a pose é a pose. Nem tudo precisa virar produto na nossa vida. Vamo manter o bagulho criança. Vamo deixar chegar no FIFA e foda-se se não vão dar nada”.

Já fez ou aceitaria fazer algum tipo de merchandising pra marcas no meio de um show, no meio de uma piada?

“Claramente não. A única coisa que poderia acontecer é alguém querer pagar meu cenário, que é caro e colocar a marca lá no canto, pequeno.  Eu posso citar a marca. Mas não vou colocar uma marca gigante estampada no peito. Sabe porque? Quando eu não tinha cenário, quando eu não fazia sucesso,  elas não tavam comigo . Agora que tem tudo eu não vou dar esse destaque todo. Quem tem que brilhar no show sou eu, meu cenário e minha plateia. A marca tem que ficar em segundo plano”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *