Categorias Fotografia

ARTE BRASILEIRA NA TOTH GALLERY

Publicado em
Clique para ampliar

O fotógrafo e diretor de cinema brasileiro Pico Garcez protagoniza a exposição “Unconscious” que será inaugurada no próximo dia 1º de agosto às 18 horas na Toth Gallery, de Nova York. A Mostra ficará disponível entre 3 e 26 de agosto das 12 às 19 horas na casa de arte da Chrystie Street.

O ensaio fotográfico “Pray Flags“ (Bandeiras de Oração) foi realizado  no Butão, um reino do sul da Ásia, no extremo leste do Himalaia fazendo fronteira com a China e a Índia.

Essas bandeiras são encontradas em muitas partes do Himalaia e fazem parte da cultura budista. Pode podem ser vistas espalhadas por todas as regiões montanhosas do Tibete, Nepal, Butão e em partes da Índia.

‘Bandeiras de oração são de grande importância para as pessoas dessas regiões. Um aspecto interessante das bandeiras de oração é que elas não são usadas em outros ramos do budismo. Isto é devido à possibilidade de que as bandeiras tenham suas origens em Bön, uma religião praticada no Tibet antes da existência do budismo”, explica o artista.

Clique para ampliar

O Vale Phobjikha é um dos destinos mais bonitos do Butão. É o lar de inverno de um grupo de guindastes ou Grou de pescoço preto (Grus Nigrocollis) mundialmente ameaçados que chegam todos os anos a partir do platô tibetano. Situado perto do centro do Butão, Gangtey está em um vale glacial notavelmente atraente chamado Phobjikha.

Tradicionalmente, bandeiras de oração são usadas para promover a paz, compaixão, força e sabedoria. Os tibetanos acreditam que as orações e os mantras serão soprados pelo vento para espalhar a boa vontade e a compaixão em todo o espaço que a preenche.

Pico Garcez, paulista de nascimento é um apaixonado por fotografia, iconografia e pintura. Exerce seu olhar desde a infância quando começou a brincar com sua primeira câmera fotográfica. Praticando liberdade de olhar e intuição, busca desafios estéticos ligados à observação da imagem em temas como: solidão, reflexos do vazio e comportamento.

Cinema e Publicidade também fazem parte de sua trajetória profissional há quase 30 anos. Já dirigiu comerciais, clipes musicais e documentários, além de projetos para a TV e DVD.

Seu trabalho já foi premiado pelo Art of Intuitive Photography de Nova York quatro vezes. Ele também tem seu trabalho em coleções permanentes no Museu de Arte do Rio (MAR), Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA) e Museu de Fotografia de Fortaleza, entre outras coleções internacionais.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *