Categorias Promoção

“LOUCURA” AUMENTA 8% EM VENDAS

Publicado em
Ricardo Nunes: compromisso e confiança

Em mais uma ação inusitada, Ricardo Nunes, fundador da rede Ricardo Eletro, surgiu na última sexta-feira (25) em horário nobre na TV Globo para anunciar que iria fazer uma “loucura” no sábado.

E fez, pra quem chegou cedo às suas lojas. Produtos de mostruário com até 80% de desconto. Smartphone por R$ 199, lavadora por R$ 699. A iniciativa rendeu um aumento de 8% em vendas estimadas.

A decisão da investida ocorreu no dia anterior, à noite, em reunião na sua agência, a Pullse, comandada por Allan Barros e recém-inaugurada como empresa do grupo Artplan.

Antes da veiculação, equipes de criação e produção tiveram pouco menos de 12 horas para entregar o comercial à Globo.

Ricardo Eletro é um dos cotistas do futebol da emissora este ano, cujo pacote lhe proporciona grande exposição na maior TV brasileira.

A não renovação desse contrato para 2018, com valor de R$ 230 milhões, talvez também tenha influenciado uma mudança de estratégia comercial da marca, que deverá aproveitar esses espaços nobres até o final de 2017 para promover novas “loucuras”.

Além de Ricardo Eletro, Johnson & Johnson também decidiu não patrocinar o futebol global no próximo ano, quando será substituída pela Unilever. No lugar de Ricardo Eletro entra o grupo Hypermarcas. Continuam com o pacote, Ambev, GM, Vivo e Itaú.

“O objetivo da ação foi transformar a troca de mostruários das lojas pelas novas linhas em uma oportunidade para o consumidor”, conta Allan Barros.

No comercial, estrelado pelo próprio dono da rede, uma característica já habitual das campanhas da marca, o jeito “mineiro” de Ricardo Nunes falar de suas ofertas, transmite confiança e compromisso ao consumidor.

“As novas demandas e um mercado cada vez mais competitivo tornam este tipo de desafio comum para quem opera no setor”, diz Allan Barros, profissional que, com 25 anos de experiência no Varejo, acredita que só essa metodologia própria de trabalho totalmente integrado, é capaz de levar uma campanha à TV em menos de 24 horas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *