Categorias Campanhas

MÚSICA E DANÇA EMBALAM TIM BLACK

Publicado em

Sven Otten, dançarino alemão que na Internet explodiu com a sigla JSM (Just Some Motion) e também ficou conhecido como “Il Ballerino dela TIM”, chegou ao Brasil para divulgar o serviço TIM Black.

Um dos itens do portfólio pós-pago da operadora, o Black a reposiciona no segmento com o compromisso de evolução constante. A comunicação da novidade no país, a cargo da Z+, apostou no jovem fenômeno da Internet que já brilhava nas campanhas da empresa na Itália.

Ao som do Dubstep (ritmo com padrões de bateria reverberantes), Otten é a estrela de filme no qual se apresenta com dançarinos brasileiros em alguns dos principais cartões postais do Rio de Janeiro, como os Arcos da Lapa e Aterro do Flamengo.

“O TIM Black é um grande marco para a empresa e, para essa comunicação, optamos por um formato bem diferente do que é usualmente feito no mundo de telecom. A linguagem é inovadora, e divertida e a música, um dos pilares da nossa marca, tem um papel muito relevante”, diz Ana Paulo Castello Branco, diretora de Advertising & Brand Management da TIM Brasil.

Como ela explica, o JSM é europeu, mas fizemos questão de integrá-lo ao cenário brasileiro e também de destacar dançarinos do país.

A campanha 360º terá ampla veiculação na TV aberta e por assinatura, mídia impressa, rádios, material de ponto de venda, mobiliário urbano e mídia digital.

“O musical é um gênero quase nunca explorado pela propaganda e fazer um filme todo protagonizado por bailarinos foi um grande desafio”, comemora Fernando Rodrigues, VP de Criação da Z+.

Criação de Fernando Rodrigues, Alexandre “Xã” Vilela, Tiago Moralles e Juliano Almeida, com direção criativa de Xã Vilela e direção geral de Rodrigues. Criação digital de Daniela Moreira, Gabriel Lima, Victor Breda e Gabriel Argenta.

Produção de Delicatessen Filmes, com direção de Gustavo Leme, fotografia de Pepe Mendes e direção de arte de Thais Junqueira. Som da Satélite Áudio. Música do clipe “All Night”, de Parov Stelar. Locução de Juliana Araripe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *