Categorias Ação Social

ERA SÓ BRINCADEIRA, JOSÉ?

Publicado em

 

Inspirada em recente caso de assédio que envolveu o ator José Mayer, a revista “AzMina”, publicação jornalística voltada para o público feminino, lança  campanha  com recado a todos os “Josés”.

“Marcas do Machismo” visa mostrar que até as mais sutis brincadeiras sexistas contribuem para a violência sofrida pelas mulheres.

Na primeira pessoa, locutor reclama da “falta de senso de humor” de quem classifica o que ele acha ser piada, como agressão. Imagens, porém, exibem exatamente o contrário.

“Quero que as pessoas parem e se questionem. E mudem. É esse o tipo de impacto que queremos com essa campanha”, diz Paula Essig Oliveira, diretora de arte da VML e criadora da campanha. O trabalho é colaborativo, não envolveu agências e foi realizado sem custo por uma equipe de profissionais, na maioria mulheres.

Também participaram do projeto a Bandit Films, Loop Reclame e produtora Maga. A fotografia do pôster é de Mariana Molinos.

“Nós queremos aproveitar esta crise como uma oportunidade de crescimento, nós queremos questionar todos os Zé Mayer que, no dia a dia, praticam o machismo com a desculpa do humor. Piada só existe se a gente ri junto. Machismo não tem graça”, completa Paula.

A criação contou também com o redator da Dez Propaganda Guilherme Piazza. Direção do filme de Nathalia Schultz e fotografia de Dariely Belke. Áudio de Bibiana Petek.

Casting: Sofhia Cardozo, Débora Graeff, Maria Ana Omrac, Carolina Ferronato, Luana Pereira e Emanuelle Menezes

Locução: Saulo Barbosa

Make/Hair: Ana Carolina Dal Zotto, Renata Fischmann e Bruna Bartosiaki.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *