Categorias Eventos

A TV QUE ENTENDEU E SE ALIOU À INTERNET

Publicado em
Maciel, Coelho, Angeline e Ribenboim: onde o povo está

Em vez de brigar com as novas mídias, o SBT decidiu se aliar a elas. E aproveitar o que de melhor poderia extrair do meio digital para evolução de seu próprio negócio.

A integração da televisão com o digital foi o tema de evento promovido pela emissora e que contou com os principais nomes de redes sociais do país, como Fábio Coelho, presidente do Google, Marcos Angelini, diretor geral do Facebook e Guilherme Ribenboim, VP do Twitter.

Pelegio, Gentili, Portioli e Eliana: maior exposição

Comandado por José Roberto Maciel, vice-presidente do SBT, o encontro serviu para discutir como a TV aberta pode estreitar essa parceria com a internet.

Ribenboim, por exemplo, afirmou que 65% dos tweets já são conteúdos relacionados à televisão, principal assunto dessa plataforma.

Segundo ele, “essa integração resgatou o público que havia se mudado para o conteúdo on demand. “As hashtags conseguem fazer com que as pessoas assistam TV e conversem  sobre a programação ao mesmo tempo”, lembrou.

O diretor geral do Facebook, Marcos Angelini, revelou que 30% das informações pesquisadas nessa rede dizem respeito a temas sobre televisão.

“Ampliar a audiência é importante para o SBT porque colocamos o conteúdo em um ambiente correto, com o público direcionado e o engajamento garantido”, disse.

“A audiência precisa estar onde o povo está”, defendeu Fábio Coelho, comandante do Google, que detém uma das ferramentas mais importantes do meio digital, o YouTube.

“Os produtores de conteúdo priorizam a relevância para o usuário. Usam as redes sociais na distribuição e aí é só calcular cada uma dessas participações e monetizar da forma correta”, explicou.

O evento do SBT teve apresentação inicial de Eliana e participação da atriz Maísa Silva, cujo personagem na novela “Carinha de Anjo”, Juju Almeida, é uma vlogueira.

Para José Roberto Maciel, compartilhar o conteúdo da TV na Internet é um grande negócio. Ganha audiência em vez de perder, já que as mídias estão atualmente integradas. O que importa é o recall junto ao público, independente de que plataforma ele utilizou para assistir.

Há algum tempo o SBT já vem disponibilizando seu conteúdo na Internet, com números expressivos. E segundo Maciel, a relação do real com a ficção para gerar engajamento é uma ação simples mas que fez toda a diferença e ajudou a criar uma audiência consistente.

“Nosso time digital vem construindo essa visão diferente e o online tem sido um grande aprendizado. Agora precisamos fazer com que isso cresça com nossos parceiros”.

E para comprovar a força dessa união, o diretor artístico do SBT, Fernando Pelegio, recebeu para uma conversa os apresentadores Eliana, Danilo Gentili e Celso Portiolli, exemplos reais de como os meios digitais podem ampliar a visibilidade de uma carreira televisiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *