Categorias Polêmica

QUAL IMAGEM CHOCA MAIS?

Publicado em

A má formação congênita do maior medalhista paraolímpico brasileiro Daniel Dias, que conquistou 11 medalhas de Ouro, 4 de Prata e 1 de Bronze entre Pequim 2008 e Londres 2012, não choca tanto o público quanto o photoshop que “amputou” Cleo Pires e Paulo Vilhena. Os comentários em redes sociais comprovam isso. A participação do nadador em comercial da Ogilvy e dos atores no anúncio da revista “Vogue”, porém, tem o mesmo objetivo, ou seja, estimular a compra de ingressos para os Jogos Paralímpicos Rio 2016, cuja venda está abaixo da esperada. Se tinha intenção de atrair visibilidade para o evento, o anúncio assinado pela Africa, o anúncio “Somos Todos Paralímpicos”, conseguiu. Na peça, segundo informações veiculadas criada a partir de ideia da própria Cleo Pires, embaixadora da Paralimpíada, ela representa Bruna Alexandre, do Tênis de Mesa, enquanto Vilhena faz o papel de Renato Leite, jogador de vôlei sentado. Difícil discutir o tema levantado no Twitter, de que a escolha dos atores alimenta o desrespeito e preconceito contra portadores de necessidades especiais. A participação dos atletas representados no anúncio junto com os atores poderia ter melhorado a percepção da mensagem? Talvez. A Edições Globo Condé Nast, que edita a “Vogue”, afirma que apoia qualquer campanha que estimule o comparecimento e o apoio às Paraolimpíadas. Cada uma com seu caminho. A campanha do Comitê Organizador dos Jogos preferiu mostrar atletas paraolímpicos reais, mostrando a verdadeira superação de pessoas com deficiência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *