Categorias Campanhas

ACE LANÇA CAMPANHA EM RITMO DE WANDO

Publicado em

“Ah se você, ah se você gostosa,

Ah se você, ah se você quiser,

Ace lava a roupa que te alisa toda,

É esse branco que o teu corpo quer.

Chega, chega, chega, chega,

O sutiã encardido que apareceu,

Pega, pega, pega, pega,

O sutiã encardido acho que é seu”

Com essa letra criada pelo próprio cantor melo-romântico Wando, em parceria com a redatora Flávia Coradini, da Leo Burnett Tailor Made, a trilha criada pelo maestro Paulo Vaz da Lua Nova embala de 45 segundos que lança a nova campanha do sabão lava-roupas líquido Ace da Procter & Gamble. A estratégia inclui a novela “Vila Branca” em capítulos de 30 segundos com participação especial da modelo-atriz Ellen Rocche e do apresentador Rodrigo Faro. A marca volta à mídia depois de três anos com uma campanha inusitada para o segmento. O primeiro episódio baseia-se justamente no “Mistério do sutiã encardido”. Outros 20 filmes para Internet, além de ações na fanpage de Ace no Facebook, spots de rádio, merchandising nos programas “Melhor do Brasil”, “Domingão do Faustão” e “Programa do Gugu” compõe a estratégia. “O segmento de lava-roupas líquido é o futuro da categoria, sendo que nos Estados Unidos e Europa já representa mais de 70% do mercado. No Brasil vem crescendo de maneira bastante significativa. Por isso acreditamos ser um excelente momento para ampliar os investimentos na marca”, afirma José Cirilo, diretor de Marketing de Ace. “O interessante é que a campanha usa todos os recursos de comunicação de uma forma integrada. São seis comerciais que vão ao ar em rodízio, criando o suspense, 20 filmes de Internet dialogando com o internauta, deixando a discussão quente e atual, vinhetas com o Rodrigo Faro onde ele imita as suspeitas e um videoclipe com o Wando cantando uma música composta especialmente para Ace e que fará parte do repertório dos shows do artista durante a campanha”, diz Ruy Lindenberg, VP de Criação da Leo Burnett Tailor Made. Criação de Rita Corradi, Flávia Coradini, Javier Talavera e Matheus Matsumoto, com direção criativa de Ruy Lindenberg. Produção do filme da Bossa Nova, direção de Luis Villaça e fotografia de Fe Oliveira. Pós-produção da Tribbo e locução de Marcelo Meirelles. A criação digital ainda contou com o trabalho de Fabio Moran e Danilo Corci.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *